Ceará x Atlético-MG: confira as notas dos jogadores do Vozão

O Ceará recebeu o Atlético-MG, na noite deste sábado (4), na Arena Castelão, em partida válida pela 3ª rodada da Série A. Os donos da casa foram derrotados de virada, com um gol no último minuto, por 2 a 1. Os gols do confronto foram marcados por Ricardo Bueno, para o Vovô, e Nathan e Jair, para o Galo.

Karoline Tavares
Colaboradora do Torcedores.com que gosta de Fórmula 1 e basquete.

Crédito: Lucas Moraes/cearasc.com

A escalação montada para a partida deste sábado sofreu apenas duas alterações em relação à última: entraram Edinho e Fernando Sobral e saíram Auremir e Leandro Carvalho. O estilo de jogo da equipe se manteve fiel ao que foi mostrado nos dois primeiros confrontos, mas, principalmente, o segundo tempo foi crucial.

O Ceará passou a apenas se defender na etapa complementar. Após a saída de Ricardo Bueno para a entrada do volante Pedro Ken, isso ficou ainda mais nítido. Porém, o gol de bola parada para desempatar a partida e dar os três pontos para o Galo ligaram o sinal de alerta no alvinegro cearense.

Confira as notas dos jogadores do Ceará:

Diogo Silva: o goleiro não foi tão exigido em defesas difíceis e apenas assistiu ao segundo gol do Galo. Nota: 6,0.

Samuel Xavier: deu o passe para o gol da equipe cearense. Tentou fazer a transição em velocidade pela direita, mas a jogada foi perdendo a efetividade no desenvolvimento da partida. 7,0.

Tiago Alves: a defesa apresentou falhas nos dois gols. No primeiro, Nathan, sozinho, apareceu como opção na entrada da área. No segundo, Jair subiu mais que a zaga para virar o jogo. Nota: 6,0.

Luiz Otávio: a defesa apresentou falhas nos dois gols. No primeiro, Nathan, sozinho, apareceu como opção na entrada da área. No segundo, Jair subiu mais que a zaga para virar o jogo. Nota: 6,0.

Thiago Carleto: diferentemente de outros jogos, as tentativas pela esquerda não funcionaram da maneira esperada. O lateral errou vários lançamentos e teve dificuldades em fazer a ligação com o ataque. Nota: 5,5.

Edinho: os volantes apareceram bem na marcação e ajudaram a fazer o jogo fluir melhor na primeira etapa. Na segunda, deixaram a desejar em alguns momentos, não impedindo que o Galo avançasse para ameaçar a meta dos donos da casa. Nota: 6,5.

Fabinho: os volantes apareceram bem na marcação e ajudaram a fazer o jogo fluir melhor na primeira etapa. Na segunda, deixaram a desejar em alguns momentos, não impedindo que o Galo avançasse para ameaçar a meta dos donos da casa. Nota: 6,5.

Ricardinho: o volante foi pouco acionado na partida e teve dificuldade na distribuição de bola. Nota: 5,5.

Fernando Sobral: participou bastante e teve algumas chances nos primeiros 45 minutos, mas deixou a desejar no segundo tempo. Nota: 6,0.

Chico: o meia não teve bom desempenho e ficou apagado durante todo o tempo em que esteve em campo. Nota: 5,5.

Ricardo Bueno: autor do gol do Ceará, o centroavante teve boas chances no primeiro tempo. No segundo, parecia cansado e perdeu muitas oportunidades de colocar a equipe da casa na frente. Nota: 7,0.

Bergson: o atacante tentou participar mais das poucas jogadas montadas no segundo tempo, mas foi neutralizado pela defesa adversária. Nota: 6,0.

Mateus Gonçalves: sem nota

Pedro Ken: sem nota

LEIA MAIS:

Saiba qual o próximo jogo do Ceará após derrota diante do Atlético-MG