Torcedores – Notícias Esportivas

Torcendo para não enfrentar River de novo, D’Alessandro se emociona com carinho da torcida: “Homens também choram”

Andrés D’Alessandro, o Cabezón, desde antes de River x Inter, um dos jogos da sexta (e última) rodada do Grupo A da Copa Libertadores da América, começar, era um dos principais personagens do embate, decerto. A partida aconteceu no estádio Antonio Vespuci Liberti, popularmente conhecido como Monumental de Nuñez, nesta terça-feira (07), enfim. A peleja acabou empatada: 2×2, aliás. Julian Álvarez abriu o placar para os millonarios, afinal. Rafael Sobis, com dois gols, todavia, virou para o Internacional. No final do cotejo, Lucas Pratto empatou, certamente. Na Zona Mista, ele falou da emoção de voltar ao estádio.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Eduardo Deconto/Twitter

A primeira parte foi em castelhano, afinal. Cabezón, como é popularmente conhecido Andrés D’Alessandro, afirmou: “Graças ao River estou onde estou hoje, enfim. Agradeço aos torcedores que me reconhecem, já que saí do clube depois de ganhar alguns títulos e sabem do meu trabalho, afinal. Não tem comparação com nada, aliás. Estou muito agradecido, decerto. Os homens também choram, certamente. Os torcedores falaram que não queriam me ver chorar e me dirijo a eles agora, enfim. Aproveitei para mostrar o carinho que tenho pelo clube, que não me esqueço disso”.

Já em português, ele concluiu, enfim: “O Inter me deu a chance de voltar para minha casa, receber o carinho da torcida, afinal. Passei 15 anos da minha vida aqui, conheço o clube muito bem, enfim. Estou muito feliz, decerto. É uma mescla de sentimentos, certamente. Ontem treinamos em um estádio onde nasci [Diego Armando Maradona, cancha do Argentino Juniors], nasci a duas quadras de lá, aliás. Lá o pessoal que sabe o esforço que fiz para ser atleta profissional e chegar onde cheguei hoje”, finalizou.

LEIA MAIS
Ex-Inter tem grande atuação na Alemanha e torcida twitta com saudade: “Muito diferenciado, joga muita bola”
Com gringos “muy bien”, Inter tem metade de seus gols anotados em 2019 por atletas estrangeiros
Autor do gol da vitória em Inter x Flamengo, Sarrafiore é elogiado no Twitter: “Não tem substituto”

TUDO O QUE ACONTECE NO INTERNACIONAL