Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Seleção? Elkeson e Goulart irão se naturalizar para jogar pela China, diz site

De acordo com informações do “Chuteira F.C“, os brasileiros Elkeson e Ricardo Goulart irão se naturalizar chineses. A proposta foi feita pela federação nacional do país para que possam defender a seleção.

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / Guangzhou Evergrande

A ideia da China é disputar uma Copa do Mundo pela segunda vez na história – a primeira foi em 2002. Com isso, os brasileirão irão se tornar os primeiros a obter cidadania chinesa pelo tempo que vivem no país.

É necessário morar por cinco anos na China para poder pedir a naturalização. Elkeson está na Ásia desde 2013, enquanto janeiro chegou em 2015. Nem mesmo o tempo que ficou no Palmeiras será problema para o segundo.

Isso porque, 183 dias na temporada já são computados como um ano de residência. A proposta aceita pelos brasileiros ajuda também seus clubes na China, pois abre uma nova vaga para estrangeiros no elenco.

Elkeson apareceu com destaque no Vitória e no Botafogo, antes de se transferir ao Shanghai SIPG. Já Goulart jogou por Santo André, Internacional, Goiás, Cruzeiro, Palmeiras e, atualmente, está no Guangzhou Evergrande.

Até o momento, o norueguês John Hou Saeter e o inglês Nico Yennaris já podem defender a seleção, pois são descendentes de chineses. Já o inglês Tyias Browning tem processo de naturalização em andamento. O peruano Roberto Siucho e o português Pedro Delgado também serão naturalizados.

As Eliminatórias Asiáticas da Copa do Mundo de 2022, no Catar, começam em setembro. A China será comandada, mais uma vez, por Marcello Lippi, campeão com a Itália, em 2006, que reassumiu o comando.

LEIA MAIS
FAVORITISMO? ZAGUEIRO TIRA ARGENTINA DOS CANDIDATOS AO TÍTULO DA COPA AMÉRICA
SELEÇÃO BRASILEIRA TEM MAIS CINCO APRESENTAÇÕES E 16 JOGADORES À DISPOSIÇÃO
PRESIDENTE DO REAL MADRID CONFIRMA PROPOSTA DA CHINA POR SERGIO RAMOS