Ex-presidente do Flamengo diz que Cuéllar será vendido por R$ 137 milhões

O Flamengo não vive uma de suas melhores fases dentro de campo, apesar do título do Campeonato Carioca e da classificação suada para as oitavas de final da Libertadores. Isso porque no Campeonato Brasileiro, a equipe é apenas a nona colocada na tabela de classificação, com sete pontos – duas vitórias, um empate e uma derrota. Apesar do momento complicado, um jogador passa ileso das críticas: o volante Gustavo Cuéllar, um dos principais nomes do elenco e que deve deixar o clube no meio do ano.

Danielle Barbosa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Segundo informações do ex-presidente Rubro-Negro, Kleber Leite, publicada em seu blog pessoal, Cuéllar “será negociado por 30 milhões de euros (cerca de R$ 137 milhões, na cotação atual”. Leite ainda destaca que, apesar do valor, o volante colombiano tem uma multa rescisória de 70 milhões (R$ 319,2 milhões).

Se é para negociar com todo este “abatimento”, para que estipular rescisão tão alta?”, questiona Kleber Leite na publicação.

Vale lembrar que nos últimos dias a Rádio Globo noticiou que Cuéllar estava próximo de ser vendido para o West Ham, da Inglaterra, por algo em torno de 28 milhões de euros (cerca de R$ 125 milhões). O próprio volante, no entanto, tratou de despistar sobre o assunto

“Nada a falar, quem cuida disso é meu representante. Estou muito feliz no Flamengo. Não estou sabendo de nenhuma proposta. Por enquanto estou aqui, cumprindo meu contrato e acordando todos os dias pensando no Flamengo”, disse o colombiano em entrevista coletiva antes da partida contra o Flamengo.

LEIA MAIS:
Cuéllar se declara ao Flamengo e diz que assinaria contrato vitalício com o clube