F1 2019: tudo que você precisa saber sobre o GP de Monaco

A F1 2019 recebe neste domingo (26) a prova mais tradicional do calendário. O GP de Monaco marca a sexta etapa do Mundial. As luzes verdes acendem a partir das 10h10, horário de Brasília.

Daniel Gois
Estudante de jornalismo da Universidade Católica de Santos. No Torcedores desde janeiro de 2017, escreve sobre futebol, basquete, formula 1 e eventualmente games.

Crédito: Twitter/Formula 1

E para variar, a primeira fila é ocupada pelos dois carros da Mercedes. O inglês Lewis Hamilton cravou não só a pole position, como também um novo recorde para a pista: 1m10s166, quase um décimo mais rápido que seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas.

A segunda fila é dividia por Red Bull e Ferrari. O holandês Max Verstappen larga em terceiro, enquanto o alemão Sebastian Vettel parte de quarto. Com problemas no Q1, o monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, é apenas o décimo quinto, para frustração do público local.

Completam o top-10 Kevin Magnussen, Daniel Ricciardo, Danil Kvyat, Pierre Gasly, Carlos Sainz e Alexander Albon.

Classificação

O Mundial de Pilotos segue dividido entre os dois pilotos da Mercedes. Lewis Hamilton lidera com 112 pontos, sete a mais que Bottas. Em caso de vitória, o inglês pode abrir até 16 pontos de vantagem. Verstappen, Vettel e Leclerc vêm em seguida com 66, 64 e 57 pontos, respectivamente.

Já o Mundial de Construtores segue dominado pela equipe alemã, que tem 217 pontos, contra 121 da Ferrari e 87 da Red Bull.

De olho neles

Monaco é um GP marcado pela dificuldade em executar ultrapassagens. Em caso de pista seca, somente acidentes expressivos e estratégias de pit-stop para alterarem as posições de forma drástica.

Se a lógica persistir, Kevin Magnussen é um candidato a conseguir um bom resultado no circuito. Além de largar em quinto, o dinamarquês vem colocando a Haas constantemente entre os dez primeiros.

O GP também deve ficar marcado por homenagens ao austríaco Niki Lauda, tricampeão de Formula 1 que faleceu na última segunda-feira (20) por conta de problemas renais. Lauda foi peça-chave para o desenvolvimento do atual carro da Mercedes.

A sexta etapa da F1 2019 será transmitida ao vivo pela TV Globo a partir das 10h10.