Fabinho se diz surpreso por não ser convocado para a Copa América: “esperava estar na lista”

Finalista na Liga dos Campeões 2018/2019 pelo time do Liverpool, o volante Fabinho não foi convocado pelo treinador da seleção brasileira, Tite, para a disputa da Copa América 2019.

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 26 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Flickr CBF

Em entrevista concedida aos canais ESPN, o jogador comentou a ausência. Fabinho deu a entender que pensava ser merecedor de estar entre os 23 selecionados.

“Estava acompanhando a convocação e esperava estar na lista. Mas, assim que passou o meio-campo e vi que não estava, fiquei meio surpreendido assim…”, iniciou Fabinho.

O jogador do clube inglês viu os volantes Casemiro, Allan e Fernandinho serem convocados no lugar.

“O treinador (Tite) tomou a decisão dele, disse que tinha boas opções. E realmente tinha boas opções no meio-campo”, reconheceu Fabinho.

“Devia fazer uma escolha, deixar um de fora e eu fui escolhido para ficar de fora”, finalizou.

O Brasil está no grupo A da Copa América e tem Bolívia, Peru e Venezuela como adversários. A estreia será contra a Bolívia e está marcada para o dia 14 de junho, às 21h30, no estádio Morumbi.

Leia mais:

Galvão aponta incoerência na lista de Tite para a Copa América e cobra presença de Fabinho e Vinicius Jr

Copa América: TV Globo confirma transmissão de jogos do Brasil, Argentina e Uruguai

Copa América: SporTV vai transmitir todos os jogos da competição