Criticado pela torcida, Fernando Diniz minimiza pressão e afirma que Fluminense está no caminho certo

Ainda sem vencer no Brasileirão, o Fluminense marcou apenas um gol nos últimos três jogos, mas Fernando Diniz pede paciência aos torcedores porque o time está em formação.

Bia Palumbo
Colaborador do Torcedores
Fernando Diniz assumiu o Fluminense nesta temporada

Crédito: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

“O que eu tenho para oferecer ao Fluminense eu estou mostrando, mas o resultado da partida não se controla. O que vai acontecer comigo? Não sei. Não vou ficar botando essa pressão em cima de mim e dos jogadores. Vou trabalhar, a gente sempre vai jogar buscando a vitória. Estou confiante no time porque a gente tem muita coisa boa para colher. Só não controlo o que está fora”, comentou Fernando Diniz, alvo de críticas da torcida após a derrota para o Santos.

Nesta semana, o time de Fernando Diniz ganhou reforços como os atacantes Guilherme e Kelvin. “Vou deixar os jogadores mais seguros, a gente está no caminho certo. É um time que tem muitos jogadores jovens, alguns que estavam um pouco fora do mercado, mas estão se reencontrando, é uma construção em que a gente tem que se empenhar bastante para dar resultado”, continuou o técnico.

Além deles, o Fluminense ainda busca mais peças para compor o elenco e pode perder Everaldo, que está em fim de contrato e desperta interesse do Corinthians. Um dos que podem chegar é o meio-campista Yuri Lima, do Santos, elogiado por Fernando Diniz.

FICHA TÉCNICA – Santos 2 x 1 Fluminense
Motivo: Campeonato Brasileiro – Série A – 2ª Rodada
Data e horário: quinta-feira (2), às 20h (de Brasília)
Local: Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), em Santos-SP
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio, Bruno Raphael Pires, Leone Carvalho Rocha, Salim Fende Chaves, Luiz Vanderlei Martinucho; André Luiz de Freitas Castro (VAR), Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (AVAR 1), Clovis Amaral da Silva (AVAR 2), Almir Alves de Mello (supervisor de protocolo)
Público e renda: 10.564 torcedores / R$ 294.075,00
Cartões amarelos: Diego Pituca, Rodrygo, Soteldo (SAN), Allan, Airton (FLU)
Gols: Eduardo Sasha (SAN), aos 19min, Carlos Sánchez (FLU), aos 20min, e Pedro (FLU), aos 39min do 2º tempo
SANTOS: Vanderlei, Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar (Victor Ferraz) e Gustavo Henrique; Carlos Sánchez (Cueva), Diego Pituca, Soteldo, Jean Mota (Jean Lucas) e Jorge; Eduardo Sasha e Rodrygo. Técnico: Jorge Sampaoli.
FLUMINENSE: Rodolfo; Gilberto, Nino, Ferraz e Caio Henrique; Airton (Pedro), Bruno Silva e Allan (Pablo Dyego); Everaldo, Luciano e Yony González (Léo Artur). Técnico: Fernando Diniz.

BRASILEIRÃO 2019 – 2ª Rodada
Quarta (1º)
Corinthians 1 x 0 Chapecoense
Internacional 2 x 1 Flamengo
CSA 1 x 1 Palmeiras
Avaí 1 x 1 Grêmio
Cruzeiro 1 x 0 Ceará
Vasco 1 x 2 Atlético-MG
Fortaleza 2 x 1 Athletico Paranaense
Goiás 1 x 2 São Paulo

Quinta (2)
Santos 2 x 1 Fluminense
Botafogo 3 x 2 Bahia

LEIA MAIS:
Caio Henrique lamenta erros do Fluminense, mas confia em reação contra o Grêmio
Santos x Fluminense: assista aos melhores momentos do jogo pelo Brasileirão