DESTAQUE

Herói em 2006, Gabiru explica foto com camisa gremista e esfria polêmica: “Sou colorado doente”

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Gabiru

Crédito: Foto: Site Inter/GettyImages

Autor do gol mais importante da história do Inter, Adriano Gabriu surpreendeu nos últimos dias ao aparecer, ao lado do fiel parceiro Perdigão, vestindo uma camisa azul alusiva ao Grêmio. Em entrevista ao portal GaúchaZH, ele tratou de explicar que era apenas um evento beneficente e que segue “colorado doente”.

“Era um jogo beneficente, a gente tem de ajudar as pessoas. Sou colorado, cara. O pessoal pensa muito diferente. Tentei ajudar e coloquei a camisa do Grêmio. Sei que tem muita rivalidade, mas fiz para ajudar. A vida continua. Sou colorado doente e, assim como eu, o Perdigão. Nem tem muito o que falar. A festa era deles, convidaram a gente. O Dinho estava lá também, o (Fábio) Rochemback. Então, fizeram essa foto, mas a vida continua. As pessoas confundem as coisas. Está aí a foto, mas eu sou colorado. Sabia que o pessoal ia falar, mas fazer o quê, né? Bola para a frente”, disse o camisa 16 do Mundial de 13 anos atrás.

Através das suas redes sociais, Perdigão também explicou o porquê da camisa azul gremista:

“Estive recebendo várias mensagens onde eu e o “matador do Barça” estivemos neste fim de semana. Mas nada de mais, apenas um evento para podermos ajudar o próximo. A gente sabe que a maior torcida do Brasil é muito maior que isso daí”, explicou.

Com gol de Gabiru, o Inter bateu o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho e cia por 1×0 e se sagrou campeão mundial em 2006. Perdigão, apesar de ter ficado na reserva, também fazia parte do elenco.

LEIA MAIS:

Cinco coincidências que ligam o Inter de 2019 ao time vencedor de 2006

Autor de gol no Nacional em 2006 aposta no Inter e relembra título: “Marcante”

Provocou? Torcida do Grêmio se irrita com jornal gaúcho após suposta ironia a Renato

Zeca comenta ira de Nico López e avalia postura de Edílson: “Há um histórico de coisas passadas”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram