Lutas

Jéssica Bate-Estaca afirma que golpe da vitória do UFC 237 foi legal

Publicado às

Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo pareciod.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC Brasil

Jéssica Bate-Estaca venceu Rose Namajunas com o golpe dá apelido à lutadora no UFC 237, no último final de semana. Um golpe que acendeu polêmica sobre a legalidade ou não de tal manobra, que para muitos, poderia ter causado lesões graves à americana.

Em entrevista ao Combate, a campeã peso-palha do Ultimate alegou que o golpe foi legal e dentro do que a regra do MMA permite. A paranaense explicou o golpe para justificar a legalidade deste.

“Está tendo muita polêmica porque apliquei o bate-estaca. O golpe foi perfeitamente legal. Fiz o movimento de arco e ele caiu naquela posição porque tentou ficar segurando meu braço para finalizar. Fiz o bate-estaca correto. Se ela tivesse soltado o braço dela, iria cair de costas e eu poderia trabalhar o ground and pound, finalização ou algo do tipo. Como não aconteceu isso, saiu o bate-estaca. Olhando no vídeo, de fato assusta, mas ela (Namajunas) se levantou e estava tudo tranquilo. Se fosse ilegal, o árbitro me desclassificaria e eu não seria a campeã”, relatou a brasileira.

A polêmica fez com que muitos defendessem a proibição da manobra no MMA, por achar perigosa para o adversária. Jéssica prontamente fez a defesa do golpe e quer sua manutenção como legal.

“É como no jiu-jítsu, que tem muitas manobras que, se você continuar vai se machucar, quebrar algo. Então, o bate-estaca só acontece de verdade porque você deixa chegar na posição. Quando eu fiz o momento de jogar na lateral, ela poderia ter me soltado e não cairia de cabeça ou pescoço no chão. Teria caído de ombro ou botado os braços no chão. Ou até mesmo ter me largado e cair em pé. O bate-estaca tem que continuar, não é algo que a gente vê muito, mas dá essa confusão quando acontece. É um golpe que acho que tem que continuar e é muito de você saber se defender e cair no chão”, comentou.

LEIA MAIS

Thiago Marreta revela plano de fazer Jon Jones ‘sofrer’ no UFC 229

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook)