Automobilismo

Josef Newgarden lidera quarta-feira marcada por acidentes em Indianápolis

Publicado às

Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Josef Newgarden

Foto: Josef Newgarden

Crédito: IndyCar

Josef Newgarden foi o piloto mais rápido do segundo dia de treinos livres para as 500 Milhas de Indianápolis, sexta etapa da temporada da Indy. Nesta quarta-feira (15), o americano, único piloto da Penske que ficou fora do grupo dos dez melhores na terça-feira, registrou o melhor tempo do dia ao marcar 39s3260 na melhor de suas 82 voltas no Indianapolis Motor Speedway, com uma média de 228.856 milhas horárias.

A segunda colocação ficou com Scott Dixon, piloto da Chip Ganassi que acabou a quarta-feira com um tempo apenas 0s0036 pior em relação a Newgarden. Spencer Pigot, com um equipamento preparado pela Carpenter, foi o terceiro melhor, sendo seguido por Santino Ferrucci, quarto com um carro da Dale Coyne. O grupo dos cinco primeiros ainda contou com o brasileiro Helio Castroneves, da Penske.

Sébastien Bourdais, companheiro de Ferrucci na Dale Coyne, ficou com a sexta colocação, e foi seguido por Zach Veach, melhor piloto da Andretti na sessão com o sétimo tempo. Charlie Kimball, da Carlin, registrou o oitavo tempo, e foi seguido por Ed Jones, da Carpenter. O emiratense viu seu companheiro – e chefe – Ed Carpenter completar a lista dos dez mais rápidos.

Os outros dois brasileiros tiveram desempenhos distintos nesta quarta-feira. Matheus Leist colocou a AJ Foyt na 12ª colocação na folha de tempos, sendo 0s3150 mais lento que o tempo obtido por Newgarden. Tony Kanaan, companheiro de equipe do piloto gaúcho, ficou um pouco mais atrás na classificação, sendo o 24º, apenas 0s4330 pior que o tempo mais baixo do dia.

A terça-feira foi marcada ainda por dois acidentes em Indianápolis. O primeiro aconteceu com Fernando Alonso, que perdeu o carro na curva 3, acertando o muro externo por duas vezes, e o infield uma vez. Sem carro para dar sequência aos treinamentos, o espanhol da McLaren fechou o dia apenas com o 29º tempo, completando 46 voltas no oval de 2,5 milhas.

Na parte final do treinamento, foi a vez de Felix Rosenqvist acertar o muro. O sueco, que faz sua temporada de estreia na Indy pela Chip Ganassi, escapou na curva 2 do circuito e acertou o muro com força. O carro do piloto estreante no Brickyard atravessou a pista e acertou uma barreira de proteção no infield, provocando nova interrupção. Rosenqvist nada sofreu.

Os treinos para as 500 Milhas de Indianápolis seguem nesta quinta-feira (16), novamente com seis horas de pista liberada para os pilotos. A corrida acontece no dia 26 de maio.

Foto: IndyCar