Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Luxemburgo estipula prazo para aposentadoria e revela discussão com Diego Souza no Sport

Após ser demitido do Sport em outubro de 2017, o técnico Vanderlei Luxemburgo não assumiu nenhuma outra equipe. Com uma vasta experiência, o comandante desde então aguarda uma proposta interessante para se recolocar no mercado. Recentemente, especulado no Vasco, o profissional já projeta quando se despedirá do futebol caso não haja nenhum trabalho de bom nível.

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Divulgação

Em entrevista ao repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal, Luxemburgo colocou um prazo final para oficializar a sua despedida da beira do campo, se eventualmente não aparecer nenhuma oferta que lhe agrade.

“Estou me preparando para isso (aposentadoria). Se não acontecer o que penso, de chegar algo de bom nível até o final do ano, vou cuidar dos meus negócios e dos meus netos”.

“Se aparecer uma proposta boa, claro que volto para o futebol e minha filha que administre os negócios. Pois gosto mesmo é de futebol. Estou fora por opção minha. Já poderia ter voltado, mas não quis” – disse Luxa.

CRÍTICAS À GESTÃO LEONINA

Contratado pelo Sport no final de maio de 2017, Luxemburgo acumulou um aproveitamento de 40% no comando da equipe rubro-negra. A derrota nas quartas de final da Sul-Americana, acabou sendo o estopim para a sua demissão. Sem papas na língua, Luxa fez questão de relembrar a sua demissão, criticando asperamente a direção do clube pernambucano da época.

“Como pode um diretor entrar no vestiário e dizer que não conta mais com o meu trabalho. Como se eu fosse um m… Um profissional de m… Uma loucura! Um projeto que estava todo se desenhando. O Sport merece estar entre as oito equipes do futebol brasileiro e postulante a disputar a Libertadores, pela grandeza do clube e pela torcida que tem. Mas, infelizmente, os dirigentes colocam a incompetência deles em cima dos técnicos” – disparou o experiente treinador.

No comando do Sport, Luxemburgo acumulou 34 jogos, com 11 vitórias, oito empates e 15 derrotas.

DISCUSSÃO COM DIEGO SOUZA

“O que aconteceu é que o problema que tive com Diego Souza causou a minha saída. Não que ele tenha me derrubado. Mas ele deixou claro que querida ser transferido (Palmeiras mostrava interesse no jogador). E ficou claro que o Sport queria vender o jogador. Mas nenhuma das duas partes tomava a decisão de falar isso para o torcedor através da imprensa. Ninguém queria falar para não ficar mal com a torcida. Isso acabou vindo para dentro do trabalho e Diego teve uma perda de qualidade no jogo, o que causou algumas discussões desconfortáveis e foi contaminando alguns colegas dele e isso gerou uma divisão no elenco – contou Luxemburgo, que também fez questão de esclarecer que tem uma relação normal com o atacante.

“Discussões com ele, e com elenco sempre tiveram. Normal no futebol. Hoje converso normal com Diego, não foi nada pessoal”

LEIA MAIS:
LESTON JÚNIOR RECONHECE ERROS DO SANTA CRUZ EM DERROTA E CRAVA: “NOSSO PIOR JOGO DO ANO”
ROGÉRIO CENI RECLAMA DE PÊNALTI NÃO ASSINALADO E DISPARA CONTRA VAR: “NÃO SEI PARA QUE EXISTE”