Meia Pjanic lamenta: “Jogar pela seleção francesa tinha sido melhor”

O meio-campista Miralem Pjanic, de 29 anos, é um jogador de alto nível no futebol europeu. O jogador conta com passagens por grandes equipes, como Lyon, Roma e Juventus, seu clube atual. Apesar de estar satisfeito com a proporção dos times pelos quais atuou, o mesmo não pode ser dito a nível de seleções. Nascido na Iugoslávia, o atleta optou por defender a Bósnia, seleção que participou de apenas uma Copa do Mundo.

Felipe Gomes da Costa
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Facebook Miralem Pjanic

Na seleção de seu país, Pjanic realizou 82 partidas. Junto com a equipe nacional, ele atuou na Copa do Mundo de 2014, ocorrida no Brasil.

Quase Pjanic optou pela França

Em um evento de caridade realizado pela Juventus, o meia Pjanic fez uma revelação. Na entrevista, que foi divulgada pelo jornal A Bola, o jogador afirmou que teve a oportunidade de atuar pela seleção da França.

“Tive a oportunidade de jogar por França quando era mais jovem. A Federação fez-me um convite, mas eu acabei por recusar porque queria jogar pela Bósnia”.

Após a confissão, Pjanic desabafou e demonstrou dúvidas se realizou a escolha certa.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Desportivamente, jogar pela seleção francesa tinha sido o melhor para mim”, afirmou.

Clubes na carreira

O meia bósnio realizou grande parte de sua carreira no futebol francês. Parte de sua formação ocorreu no Metz, equipe onde estreou profissionalmente no ano de 2007. Depois, realizou três temporadas pelo Lyon.

Após se destacar na França, o meia iniciou sua trajetória pela Itália. Em 2011, Pjanic foi contratado pela Roma. No clube da capital italiana, ele realizou um total de 185 partidas.

Em 2016, o bósnio fechou com a Juventus, onde atua até hoje. Na equipe de Turim, ele atuou em 135 jogos.

 

Leia mais: Brasil é candidato à sede para a Copa do Mundo Sub-20 de 2021, confirma Fifa

Narrador do EI admite que narração de gol de Lucas Moura foi o momento mais marcante da carreira