Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado do Vôlei: saiba como estão as negociações dos clubes pelo mundo

Com os principais campeonatos chegando ao fim, os grandes clubes começam as suas movimentações no mercado. Confira as principais negociações dos clubes pelo mundo.

Tauany Rodrigues
Apaixonada por vôlei, futebol americano e futebol, mas amante de todos os esportes.

Crédito: Instagram Vakifbank Spor Kukubu (@vakifbanksk)

Os principais campeonatos da Europa estão chegando ao seu fim, ou já acabaram, como os dois principais – turco e italiano – e outros como o russo e os asiáticos. Com isso, todos eles estão se movimentando no mercado. Na Europa, ainda resta a grande final da Champions League, que será disputada dia 18 de maio, em Berlim na Alemanha.

Como o campeonato japonês acabou mais cedo, os times já tiveram tempo de estudar o mercado e ir atrás de reforços. É o caso do Hitsamistu Springs. A central americana Foluke Akinradewo estuda deixar o clube, que se movimenta para ter a brasiliera Fabiana no seu lugar. A bicampeã olímpica defendeu o Praia Clube nas últimas duas temporadas. Ela tem uma temporada de experiência na Europa, quando atuou pelo Fenerbhaçe, da Turquia. Na ocasião, a atleta foi campeã da Champions League.

Outro time japonês que perdeu sua estrela foi o JT Marvelous. O clube perdeu a ponteira sérvia Brankica Mihajlovic para o Fenerbaçe da Turquia, que por sua vez, perdeu a ponteira mexicana Samantha Bricio que está de malas prontas para a Itália. As especulações dizem que Bricio irá defender o Savino Del Bene Scandicci, time da central brasileira Adenizia, que renovou seu contrato para mais um ano. Será o quarto da atleta na Itália.

Os finalistas turcos

Os finalistas da liga turca seguem se movimentando. O Vakifbank, atual campeão, perderá sua principal atleta, a chinesa Ting Zhu. A jogadora voltará para o voleibol chinês, visando a preparação para a olimpíada de Tóquio, em 2020. Além da ponteira chinesa, o clube perderá a americana Kelsey Robinson para o rival Fenerbahçe, e a oposta holandesa Lonneke Sloetjes para a Itália, mais precisamente para o Savino Del Bene Scandicci.

Para o lugar da Zhu, o clube turco contará com a brasileira Gabi, que trocará o Minas Tênis Clube pelo time da Turquia.

Já o Eczacibasi Vitra, perderá uma peça importante do seu elenco. A americana Jordan Larson, está de saída. Após cinco anos jogando na Turquia, a ponteira que teve sondagens do brasileiro Praia Clube, seguirá para a China para defender o Shangai. Para o lugar dela, o clube trouxe a brasileira Natália. A ponteira já atuou na Turquia, sendo campeã com o Fenerbahçe e eleita MVP da competição.

Outra que está no radar do Eczacibasi é a levantadora Joana Wolosz. Atualmente, a levantadora polonesa está defendendo o Imoco Volley Conegliano, da Itália. A ponteira turca Hande Baladin, que estava emprestada ao Galatasaray, retorna ao clube de Istanbul para a próxima temporada.

Os italianos

O atual campeão italiano e finalista da Champions League, Imoco Volley Conegliano, não está acomodado no mercado. Mesmo com o título italiano, segue em busca de se reforçar. O nome mais veiculado para integrar o time é da oposta italiana Paola Egonu, que hoje atua pelo Igor Gorgonzola Novara. Atualmente, o time conta com a oposta Samantha Fabris, que seguirá para o Dínamo Kazan, da Rússia.

E o Igor Gorgonzola Novara já tem substituta para Egonu. É a oposta sérvia Jovana Brakocevic. A jogadora estava na Polônia, representando o Grot Budowlani Lodz e foi vice – campeã do campeonato polonês. Brakocevic já atuou na Itália, pelo Modena.

E o Imoco Volley Conegliano deve perder a sua outra oposta. A americana Karsta Lowe pode estar de saída. E o destino pode ser o Busto Arsizio, que também contratou o técnico Stefano Lavarini, que estava no Minas Tênis Clube.

Outra atleta que estava no Brasil e segue para a Itália, é a levantadora Carli Lloyd. A norte americana que defendeu o Praia Clube e Hinode Barueri no Brasil, retorna para o Casalmaggiore. Será sua segunda passagem no clube italiano. Na primeira, ela foi campeã da Champions League.

Outra levantadora que definiu seu futuro foi a Holandesa Laura Djikema. A jogadora irá para a sua segunda temporada no Il Bisonte Firenze.

 

LEIA MAIS: Mercado do Vôlei: saiba como estão as negociações dos clubes brasileiros