Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado do Vôlei Masculino: Saiba como estão as negociações dos clubes brasileiros

Após o final da Superliga Masculina com a conquista do título inédito por parte do EMS Taubaté Funvic, o mercado do vôlei masculino começou a se agitar. Confira as principais movimentações dos clubes brasileiros para a temporada 2019/2020.

Tauany Rodrigues
Apaixonada por vôlei, futebol americano e futebol, mas amante de todos os esportes.

Crédito: Instagram Sada Cruzeiro (@sadacruzeiro)

Alguns clubes sequer aguardaram o fim da temporada para começar o planejamento para a próxima temporada e reforçar os seus elencos. É o caso do heptacampeão da Superliga, Sada Cruzeiro.

Sendo eliminado na semifinal da Superliga, resultado abaixo das expectativas cruzeirenses, o time comandado por Marcelo Mendez se movimentou rápido. O primeiro reforço anunciado pela equipe celeste foi do canadense Gordon Perrin, ponteiro que é capitão da seleção do seu país e jogava no russo Belgorod. Além disso anunciou também a contratação do experiente levantador Rodriguinho, que atuou na última temporada com a camisa do Vôlei Um Itapetininga. Outro contratado que chega é o líbero Lukinha, que atuava no Vôlei Renata, de Campinas. Com isso, o líbero Serginho, que fez história no clube, deve seguir para outro time, encerrando uma carreira vitoriosa em Minas Gerais.

Os contratos do oposto Evandro, dos levantadores Cachopa e Sandro, dos ponteiros Filipe e Rodriguinho e do central Isaac foram renovados. Para fazer dupla com Isaac pelo meio, o Cruzeiro contratou o meio Otávio, que estava no Taubaté.

Outro reforço que chegou do atual campeão foi o ponteiro argentino Facundo Conte. Destaque em toda a fase final da temporada, Conte chega para assumir a titularidade e fazer dupla com Perrin, já que o americano Taylor Sander seguirá para a Rússia.

O futuro do atual campeão

Mesmo ainda envolvido na disputa do título da Superliga, o EMS Taubaté Funvic não ficou parado. Sabendo da saída do central Otávio para o Sada Cruzeiro, o time do interior paulista trouxe o campeão olímpico Maurício Souza. Maurício atuou pelo time do Sesc – RJ essa temporada, e terminou a superliga em quarto lugar.

Outro que chega no clube campeão é o oposto marroquino Mohamed Al Hachdad, que jogava na Itália, no Tonno Calipo, e foi o terceiro maior pontuador da competição. O jogador deverá disputar a titularidade com Leandro Vissoto, que permanecerá na equipe.

O EMS Taubaté Funvic sofreu uma baixa ao perder o ponteiro Facundo Conte para o Cruzeiro. Com isso, foi ao mercado e anunciou o ponteiro campeão olímpico Lipe como substituto do argentino. Ele chega para brigar pela posição com Douglas Souza, que permanece na equipe e terminou a temporada em alta. Lucarelli, Rapha, Lucão e Thales renovaram seus contratos. Thales ganha a companhia e Rogerinho, líbero que estava no FIAT/Minas.

Vice campeonato e reestruturação financeira

Diferente do campeão, o Sesi – SP, vice – campeão da Superliga, não fará grandes contratações. O time terá uma redução do investimento em 30%, segundo noticiado pelo jornalista Bruno Voloch, em seu site. Com isso, o time não trará nenhum jogador para repor a saída de Lipe, que foi para o EMS Taubaté Funvic. O time da capital paulista terá a volta de Victor Birigui, que estava emprestado ao Vôlei Um Itapetininga. Ele deve ser o substituto de Lipe.

Outra baixa no time é a saída do central Gustavão. O jogador seguirá para o Sesc – RJ.

Por outro lado, o clube renova o contrato de jogadores importantes para o time. O levantador William irá permanecer em São Paulo por mais um ano. Outros atletas que tiveram seus contratos renovados foram o ponteiro Lucas Loh, o central Éder e o oposto Alan. Os líberos Murilo e Douglas Pureza também seguem no time.

Mais reestruturações

Mais um time que irá se reestruturar para a próxima temporada, é o Sesc – RJ. Os comandados de Giovane Gávio decepcionaram na temporada recém acabada e com isso, o time tenta uma reformulação para brigar novamente pelo título. O oposto Wallace, o central Thiago Barth e o ponteiro Maurício Borges renovaram seus contratos, assim como o central Leandro Aracajú. O time trouxe um pacote de contratações que conta com dois jogadores argentinos.

O habilidoso levantador Matías Sanchez e o ponteiro Jan Martinez. O levantador chamou a atenção dos clubes brasileiros na disputa do Sulamericano de Clubes, atuando pelo Obras San Juan. Já o ponteiro Martinez chega do Bolívar para a vaga deixada pelo búlgaro Penchev, que não segue na equipe.

Vindo do FIAT/Minas, o central Flávio Gualberto e o levantador Marlon irão reforçar a equipe carioca, que almeja chegar ao título da Superliga pela primeira vez.

Mais um para a briga

Tradicional time do cenário nacional, o FIAT/Minas está montando um elenco para brigar pelo título. O time perdeu o levantador Marlon e o central Flávio, ambos para o Sesc – RJ mas não ficou parado no mercado.

Os argentinos Nicolás Lazo e Lucas Ocampo ocupam as vagas de jogadores estrangeiros em Minas. O ponteiro Lazo veio do UPCN. Já Ocampo veio do Bolívar.

Deivid Jr vem diretamente do Maringá para substituir o central Flávio. Para a vaga de levantador, o Minas trouxe também do Maringá, Rodrigo Ribeiro.

Honorato, um dos destaques do time na temporada 2018/2019 renovou o seu contrato. Assim como Maique, Davy, Felipe Roque e Matheus Bispo.

Os outros clubes seguem se movimentando, mas ainda sem nenhuma notícia confirmada. Apenas o time do Vôlei Renata, de Campinas que anunciou a renovação da maior parte do seu time titular.

O Corinthians Guarulhos segue sem definição. A parceria entre o projeto da grande São Paulo e o clube do Corinthians não seguirá após duas temporadas. O time seguirá com novo patrocinador, porém na divisão de acesso, a Superliga B.