Moisés aponta gramado do Castelão como dificuldade na vitória do Palmeiras: ‘dizem que é desculpa’

Autor do gol do Palmeiras na vitória sobre o Sampaio Corrêa, o meia Moisés citou o gramado do estádio Castelão como uma das principais dificuldades para o futebol ruim apresentado pela equipe durante os 90 minutos.

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O camisa 10 fez bom jogo, marcou gol de falta no fim, mas a maioria da equipe não encontrou a sintonia necessária e quase foi surpreendida pelos donos da casa.

Em entrevista à ESPN após o confronto, o jogador destacou a importância de Felipão ter apostado no rodízio, especialmente pelas condições do gramado na última quarta-feira (22).

“Agora vai voltar a ter esse rodízio, essa sequência de jogos é muito desgastante”, apontou o meio-campista do Palmeiras.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“O time que jogou no sábado, se tivesse repetido hoje aqui, o campo é pesado. As pessoas dizem que é desculpa, que ganhamos não sei quantos mil, não é assim, cara. Se está acostumado com arenas, onde o campo é pequeno e a bola rola, o jogo é diferente. Viemos em um ambiente contrário a isso. Tem que encarar e encaramos da maneira que deu.”

O Sampaio Corrêa assustou o Palmeiras em ao menos três oportunidades. O gol de Moisés saiu aos 47 minutos do segundo tempo após falha do goleiro Andrey.

Leia mais:
“Copa Mick”: pichação vira trend topic do Twitter e flamenguistas comemoram: “Melhor torcida”