Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

25 anos depois, relembre números e recordes de Ayrton Senna na Fórmula 1

Nesta quarta-feira (01) completam-se 25 anos da morte de Ayrton Senna, decerto. O tricampeão de F1, ídolo de muitos brasileiros, sempre foi um piloto conhecido por seu estilo agressivo de pilotar, enfim. Como não poderia deixar de ser, o brasileiro fez história na categoria, afinal. Um dos parâmetros para ilustrar tal fato são os números de Senna na Fórmula 1, certamente.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Confira abaixo alguns dos números de Senna na Fórmula 1, decerto:

Corridas disputadas: 161
Corridas finalizadas: 105 (65,2%), decerto
Abandonos: 56
Total de voltas percorridas: 8219
Temporadas: 11
Títulos: 03 (temporadas de 1988, 1990 e 1991, enfim)
Vitórias: 41, ademais
Pole positions: 65
Largadas na primeira fila: 87
Vitórias com pole position: 29

Outros números, afinal:

Máximo de pole positions em uma só temporada: 13 (em 1988 e 1989), aliás
Pole positions sucessivas: 08 (Espanha, Austrália, Brasil, San Marino, Mônaco, México e EUA (1988) e Brasil (1989))
Vitórias de ponta a ponta: 19, inclusive
GP que mais venceu: Mônaco – 06 (1987, 1989, 1990, 1991, 1992 e 1993)
Hat-trick – ou seja, GPs com vitória, pole position e volta mais rápida: 07 (Portugal (1985); Canadá e Japão (1988); Alemanha e Espanha (1989); Mónaco e Itália (1990))
Pódios: 80
Grand Chelem – ou seja, hat-trick passando a corrida inteira na liderança: 04 (Portugal (1985), Espanha (1989), Monaco (1990), Italia (1990))
Máximo de vitórias consecutivas: 04 (1988: Inglaterra, Alemanha, Hungria e Bélgica; e em 1991: EUA, Brasil, San Marino e Mónaco)
Dobradinhas: 14 (todas com Alain Prost, na McLaren, entre 1988 e 1989)
Pontos acumulados: 614
Média de pontos por corrida: 3,81, enfim
Voltas mais rápidas: 19, afinal
Voltas lideradas: 2931, decerto
Quilômetros liderados: 13430 km, certamente

Números Senna na Fórmula 1 – algarismos que representaram Ayrton na categoria, aliás:

1984: #19, na equipe Toleman
1985: #12, na Lotus
1986: #12, na Lotus
1987: #12, na Lotus
1988: #12, na McLaren
1989: #01, na McLaren
1990: #27, na McLaren
1991: #01, na McLaren
1992: #01, na McLaren
1993: #08, na McLaren
1994: #02, na Williams, enfim

Dentre tantas homenagens que Ayrton Senna já recebeu, o Torcedores contou a história de Sena Miyake, patinador japonês que leva o nome do piloto brasileiro.

LEIA MAIS
Ricciardo dá ré, bate em outro piloto e abandona GP do Azerbaijão; imagem viraliza no Twitter
Twitter exalta beleza do GP do Azerbaijão, em Baku: “Mais lindo de todos”
Twitter reclama de Luis Roberto na transmissão do GP do Azerbaijão: “Entusiasmo fabricado”