Desejado por presidente do Santos, Ricardo Oliveira está em baixa com torcida do Atlético-MG

O confronto entre Atlético-MG x Santos na noite desta quarta-feira (15) será fundamental para o futuro de Ricardo Oliveira pelo clube mineiro. De mal com a torcida, que pede Alerrandro no time titular, o camisa 9 é o grande desejo de José Carlos Peres, presidente do Peixe, para cumprir a promessa feita a Jorge Sampaoli de que contrataria um centroavante.

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Bruno Cantini/Atlético

O desejo do Santos começou quando Ricardo estava em alta e liderava, por exemplo, a artilharia da Libertadores. A boa fase veio do ano passado, já que o veterano terminou 2018 com bom aproveitamento pelo Galo, que o contratou para substituir Fred, atualmente no Cruzeiro.

Porém, após a queda na Libertadores e a derrota na final do Campeonato Mineiro, a torcida passou a pegar no pé do ‘Pastor’, visto que seu substituto, o jovem Alerrandro, desandou a fazer gols em todas as competições possíveis e foi o responsável por classificar o time ao menos à Copa Sul-Americana.

O “fundo do poço” para o atacante foi durante no último domingo, quando foi vaiado por todo o Mineirão ao ser substituído durante a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras.

A queda de braço entre Ricardo Oliveira e Atlético-MG voltou a reacender o desejo do Santos em contar com o artilheiro, que deixou exatamente o clube paulista para se transferir ao Galo.

Antes do início da ‘queda’ do camisa 9 no Atlético, a multa rescisória de R$100 milhões era o principal entrave para a negociação entre as partes.

“A gente conversa bastante. É um ídolo do clube. O pessoal de Santos gosta muito dele, os jogadores também. Sabemos das dificuldades, R$100 milhões fica muito difícil. Mas as coisas mudam muito”, disse Peres em entrevista ao programa Estadio 97 em abril.

E as coisas realmente mudaram. Há pouco mais de um mês o presidente do Santos tratou a situação por Ricardo Oliveira como “difícil, mas não impossível”. Pouco tempo depois, o negócio parece cada vez mais viável.

“Ricardo Oliveira tem contrato com o Atlético-MG. Falei com o presidente, falou que não pode atender. Temos que respeitar também. Seria uma boa opção. Nesse momento é um pouco difícil, mas não impossível”, disse Peres à Rádio Bandeirantes na época.

Atlético-MG x Santos fazem a partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira (15), no Independência, às 19h15.

Leia mais:
Cuéllar classifica Corinthians x Flamengo como o maior clássico do Brasil: ‘times conhecidos no mundo’