Receita com patrocínios entre os clubes grandes caiu 22% em 2018, diz blog

Segundo levantamento do blog do Rodrigo Mattos, do UOL Esporte, os clubes grandes do Brasil tiveram uma diminuição de 22% em sua receita com patrocínios na temporada passada. Nos 14 times da elite nacional com maiores receitas, 12 deles vivenciaram quedas em sua arrecadação. Mesmo sendo o dono da maior receita, e com um grande protagonismo no mercado, o Palmeiras também viu seus números caírem.

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter (@cidovieira90)

Crédito: Reprodução

Na apuração feita pelo blog – feito apenas em receitas de patrocínio sem considerar licenciamentos – ficou constatado que os 14 clubes com maiores receitas arrecadaram em 2018 R$ 471,5 milhões, uma diferença de R$ 129,6 a menos, levando em consideração os números de 2017.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Essa queda ocorreu mesmo com a presença da Caixa Econômica Federal, grande protagonista nos patrocínios de diversos clubes e, que com uma lei do governo federal imposta este ano, não pode investir mais em marketing em clubes de futebol. Cenário este que deve corroborar para um decréscimo ainda maior nesta temporada, mesmo com os clubes buscando bancos digitais como substitutos.

O trio de ferro de São Paulo foi responsável pelas maiores quedas. O Palmeiras, ainda líder no quesito, viu seus números caírem de R$ 130,9 milhões para R$ 95,5 milhões. A explicação para o decréscimo se dá em função da intervenção da Receita Federal, com isso a patrocinadora parou de dar dinheiro em massa para contratações em formato de patrocínio. Agora, só ocorre com empréstimo.

O Corinthians aparece na sequência com uma queda vertiginosa de R$ 35 milhões já que ficou sem patrocinador master. Já o São Paulo arrecadou menos da metade do que em 2017. Caiu de R$ 56,6 milhões para R$ 23,3 milhões em 2018.

VEJA OS VALORES RECEBIDOS EM 2018:

Palmeiras: R$ 95,5 milhões

Flamengo: R$ 89,9 milhões

Corinthians: R$ 42,8 milhões

Internacional: R$ 35,2 milhões

Grêmio: R$ 34,3 milhões

Cruzeiro: R$ 32,5

Santos: R$ 27,2 milhões

Atlético-MG: R$ 26,6 milhões

São Paulo: R$ 23,3 milhões

Botafogo: R$ 17,6 milhões

Fluminense: R$ 13 milhões

Athletico: R$ 12,9 milhões

Vasco: R$ 11,2 milhões

Bahia: R$ 9,5 milhões

LEIA MAIS:
DIANTE DO PALMEIRAS, ATLÉTICO BUSCA REPETIR FEITO QUE SÓ QUATRO CLUBES CONSEGUIRAM NO BRASILEIRÃO
SAIBA QUANTO O FLAMENGO JÁ ARRECADOU COM PREMIAÇÕES EM 2019