Salah relembra lesão e diz que não falou com Sergio Ramos: “ainda dói”

Quase um ano depois, o lance em que Salah se lesionou na final da Champions League com Sergio Ramos ainda repercute. Em entrevista ao Bleacher Report, o atacante do Liverpool disse não ter conversado com o zagueiro.

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook UEFA Champions League

“Não, não falei com ele (Sergio Ramos) e, para mim, o assunto esta´terminado. Não vou falar sobre ele agora, só sobre a lesão e como doeu”, afirmou o egípcio, que sofreu lesão nos ligamentos das articulações do ombro esquerdo na ocasião.

Salah afirmou que o episódio “ainda dói”. Ele relembrou que chorou durante todos os dias após ter perdido a Champions League (Real Madrid venceu por 3×1) e nos dias que antecederam a Copa do Mundo, também prejudicada pelo problema.

“Ainda dói até hoje. Porque você precisa vencer, e se sente tão próximo de vencer a final da Champions, e você não vence. Eu queria jogar a Copa. Era um sonho. Mas eu não estava saudável. Ia para o meu quarto e chorava quase todos os dias”, disse.

O egípcio comentou que tinha condições de jogar o Mundial por sua seleção. Apesar do desejo, a lesão incomodava. Ele não atuou na primeira partida contra o Uruguai, mas esteve em campo contra Arábia Saudita e Rússia e marcou dois gols.

“Antes do primeiro jogo (da Copa), que não joguei, estava chorando no ônibus. Fui para o banheiro, chorei no banheiro, porque queria ser titular, queria jogar, mas ao mesmo tempo sabia que não estava em condição nenhuma de jogar”, completou.

Junto com Salah, o Liverpool tenta voltar à decisão da Champions. Para isso, encara o Barcelona nesta quarta-feira (01), às 16h (de Brasília), no Camp Nou, pelo jogo de ida da semifinal. A volta acontece na terça-feira (07), em Anfield Road.

LEIA MAIS
BARCELONA X LIVERPOOL: SAIBA AS INFORMAÇÕES DA SEMIFINAL PELA CHAMPIONS LEAGUE
BARCELONA TEM CHAMPIONS, ESPANHOL E COPA DO REI EM MAIO; VEJA AGENDA DE JOGOS
VEJA A PROVÁVEL ESCALAÇÃO DO BARCELONA PARA SEMIFINAL CONTRA O LIVERPOOL