Tiger Woods irá responder por morte de seu funcionário

O golfista Tiger Woods responderá por morte de barman de seu restaurante. Nicholas Immersberger faleceu em acidente e teria bebido após trabalhar.

Anderson Lima
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação: Facebook Oficial / Tiger Woods

A família de Nicholas Immersberger está processando o golfista Tiger Woods e sua namorada, Erica Hermann. Nicholas sofreu um acidente de carro em 10 de dezembro de 2018, morrendo aos 24 anos. A batida ocorreu na comunidade de Port Salerno, na Flórida, a cerca de 32km do local de trabalho dele, o restaurante The Woods – de propriedade de Tiger e sob gerência de Erica. A família alega que os dois deveriam impedi-lo de beber e de dirigir após seu turno e está ajuizando ação judicial por homicídio culposo (quando não há intenção), pedindo também ressarcimento por danos morais.

De acordo com o processo que tramita na justiça norte-americana, Nicholas parou de trabalhar às 15h, bebeu em seguida e morreu no acidente três horas depois. No local, foi constatado que a velocidade média era de 110km/h e que o nível de álcool no sangue dele foi de 0,256, ambos muito acima do limite legal. É mencionado também na ação judicial que Immersberger já havia  sofrido uma batida de carro no mês anterior e que participava de reuniões nos Alcoólicos Anônimos.

Os agentes e representantes de Tiger Woods não responderam à rede norte-americana CNN sobre o caso. Provavelmente o golfista falará algo sobre o ocorrido na coletiva de imprensa que dará nesta semana pelo Campeonato PGA, um dos torneios mundiais de golfe.

LEIA MAIS:
NBA: O que de mais importante vai rolar durante a semana (13/05 até 19/05)
Confira a classificação da Série C após o término da rodada nesta segunda (13)
Tênis: Zverev acerta bola em menina, mas se redime; veja
Campeão olímpico César Cielo defenderá clube catarinense
Vôlei: Marcelinho anuncia aposentadoria e cogita ser treinador

Saiba os clubes brasileiros com maior público nas redes sociais em 2019