Torcedor do Palmeiras conta a emoção de ver o time jogar no Maranhão

Na quarta-feira (22), o Palmeiras foi até o Maranhão enfrentar o Sampaio Correa, na estreia do time na competição, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Isabella Soares
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Palmeiras/Divulgação

“Sensação única de ver o Palmeiras jogar”, foi assim que Richard Ferrari, de 21 anos, descreveu a emoção de ver o time que ama de perto, pela segunda vez. A primeira vez foi em 2015, quando o Palmeiras foi para o Maranhão enfrentar o mesmo adversário, também pela Copa do Brasil.

A torcida Palmeirense fez a festa. Em campo, o Palmeiras deixou a desejar mas, com um time misto, garantiu a vitória por 1 a 0.

“Eu peço para eles virem pra cá mais vezes. A torcida do Palmeiras aqui é muito grande e muito apaixonada”, disse Richard.

A Copa do Brasil é a competição que abrange o país todo. Aproxima os times do eixo Rio-São Paulo com os torcedores que vivem fora desse eixo. Geralmente e, quase sempre, a única oportunidade desses torcedores de verem o time do coração jogar, é quando a equipe vai para o interior do país em busca da Copa do Brasil.

Para eles, o jogo começa muito antes do apito inicial. Inicia logo na definição do adversário no sorteio. Continua na ansiedade para comprar o ingresso. E, o momento mais pegado, é no dia do jogo. Aí, quando o árbitro inicia a partida, os 90 minutos de jogo começam. Mas para cada voz que está ali cantando, o jogo já está rolando há muito tempo e só vai acabar, de verdade, quando começar outro jogo e o Palmeiras voltar para lá.

A festa feita para o Palmeiras foi linda e, mesmo longe do Allianz Parque, o time estava em casa. Esses torcedores precisam ter mais atenção e ser tratados com mais carinho. “Havia muita família e criança. Todos juntos com a organizada”, contou. “Eu estou no Maranhão, meu time está em São Paulo, não tem como explicar ser Palmeirense. É amar um time sem nunca ter visto de perto”, declarou Richard.

 

VEJA MAIS:

Botafogo vai pedir anulação do jogo contra o Palmeiras por uso indevido do VAR