Vôlei: Marcelinho anuncia aposentadoria e cogita ser treinador

Depois de 26 anos de carreira como jogador profissional de vôlei, o levantador Marcelinho, 44, anunciou a sua aposentadoria e cogita seguir como treinador.

Anderson Lima
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação: Site Oficial / Confederação Brasileira de Voleibol

Marcelinho Elgarten durante 26 anos dedicou sua vida às quadras, dos quais 11 deles foram vestindo a camisa da seleção brasileira. Faltando alguns meses para completar 45 anos de idade, ele anunciou sua aposentadoria como atleta.

“Eu já vinha amadurecendo essa decisão nos últimos anos. Olhando a minha carreira, não faltou nada. Tive saúde para jogar em alto nível, sou realizado e muito feliz com tudo o que construí. Esse é o momento certo de parar”, disse Celinho.

O jogador tem planos para o futuro e cogita em seguir no esporte como treinador. Também pensa em trabalha com a esposa e montar um projeto para crianças, mas ressalta que vai parar para refletir nas suas decisões: “Acho que tenho perfil para treinador. Preciso parar, me organizar, mas é um caminho possível, de preferência no Rio de Janeiro, para ficar perto da minha família. Gostaria de trabalhar com a minha esposa, nas escolas que ela administra, trabalhando com a criançada, e de repente montar um projeto de vôlei. O vôlei me deu tudo, me fez ser quem sou e agora começa uma nova etapa da minha vida”.

Sua trajetória verde-e-amarela foi marcada por conquistas como o ouro no Pan do Rio em 2007, a prata nas Olimpíadas de Pequim em 2008, o Campeonato Mundial em 2006 no Japão, a Copa do Mundo em 2007, cinco Ligas Mundiais (2001/04/05/06/07), dentre outras competições.

Celinho atuou em diversos países como Itália (Palermo e Treviso), Suíça (Lugano) e Grécia (Panathinaikos). No Brasil, jogou por diversas equipes, como Minas Tênis, Vasco da Gama, Botafogo, Corinthians, Pinheiros-SP, SESI-SP e Olympikus-RJ. Destacam-se entre seus feitos nos clubes destacam-se o tricampeonato na Superliga, ter sido campeão do Campeonato Brasileiro (1993) e da Copa Europeia (2011) e vice-campeão do Mundialito de Clubes (2008).

LEIA MAIS:
Saiba os clubes brasileiros com maior público nas redes sociais em 2019

Cinema e bola: 5 filmes nacionais sobre futebol que você não conhece
NFL: descubra os menores placares de Super Bowl e outras curiosidades
Confira quais times já estão garantidos na Copa do Nordeste 2020