Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Apontado como desafeto, alemão defende Neymar: “não seria capaz de algo assim”

Imprensa francesa já especulou que o camisa 10 quase foi às vias de fato com o alemão

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Facebook Ligue 1

Neymar tem ganhando defensores dentro e fora de campo após acusação de estupro. Nesta quinta-feira (06), foi a vez de Draxler, companheiro de PSG e apontado como um desafeto do craque brasileiro.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

“Estou seguro que ele (Neymar) vai provar que é inocente. Não acredito que seria capaz de algo assim. Tem nosso respaldo, estamos a seu lado. Espero que possa voltar a se concentrar no futebol o mais rápido possível”, disse.

O camisa 10 teria se desentendido com o alemão durante período na equipe francesa. Os dois chegaram a discutir e, por pouco, não chegaram a trocar agressões. Entretanto, o episódio foi negado pelo PSG.

“Neymar atravessa um momento difícil e agora se lesionou. São coisas que tem que superar. Acusações como as que sofreu são coisas que não há como ficar indiferente”, completou Draxler.

O camisa 10 da seleção brasileira e do PSG vive um “inferno astral”. Após ser acusado de estupro por uma mulher, o atacante rompeu ligamentos do tornozelo e precisou ser cortado da Copa América.

Já Draxler está com a seleção da Alemanha em preparação para a disputa das Eliminatórias da Eurocopa. O compromisso acontece neste sábado (08), às 15h45 (de Brasília), contra a Bielorrússia.

LEIA MAIS
FAMA DE CAI-CAI, LESÕES E PERDA DE BRAÇADEIRA: NEYMAR SOFRE COM INSUCESSOS NA SELEÇÃO
NEYMAR VOLTA AO RIO DE JANEIRO APÓS SER CORTADO PELA SELEÇÃO BRASILEIRA
RELEMBRE 12 JOGADORES CORTADOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA ÀS VÉSPERAS DE COMPETIÇÕES