Alerrandro e Ricardo Oliveira disputam a preferência de Rodrigo Santana no Atlético

O duelo entre juventude e a experiência ganha mais um capítulo na quinta-feira (13), quando o Galo recebe o São Paulo pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.
Comparação entre a fase de Alerrandro e Ricardo Oliveira

Crédito: Bruno Cantini/Atlético

Uma das principais dúvidas de Rodrigo Santana está no ataque do Atlético. Experiente, Ricardo Oliveira vive um momento ruim e sustenta o incômodo jejum de nove jogos sem balançar as redes. Por outro lado, Alerrandro está em alta e pede passagem. Inclusive, a boa fase faz com que parte da torcida do Galo simpatize com uma oportunidade entre os titulares para o jovem atacante.

Até o momento, Alerrandro foi acionado em 18 jogos do Atlético e na maioria das vezes durante as partidas. Mesmo assim, o atacante já anotou 12 tentos na temporada. O último aconteceu na derrota para o Santos, por 3 a1, na Vila Belmiro, pela 8ª rodada do Brasileirão. Por coincidência, o tento foi marcado poucos minutos após entrar no embate, substituindo Ricardo Oliveira, após mais uma atuação apagada do camisa 9.

Vale lembrar que, o último gol marcado por Ricardo Oliveira aconteceu no dia 27 de abril, no Independência, quando o Alvinegro bateu o Avaí por 2 a 1.

As más atuações do experiente atacante, somada à boa fase de Alerrandro fizeram com que, pela primeira vez, Rodrigo Santana admitisse a possibilidade de mudança no comando do ataque.

“O momento do Alerrandro é muito bom. O pouco tempo que ele está tendo, ele está tendo essas oportunidades, está sabendo aproveitar. O Ricardo também é um jogador importante, teve uma cabeçada ali que poderia ter feito o gol, o goleiro foi muito feliz. Mas a gente vai estudar dentro da semana para ver quem joga na quinta-feira (contra o São Paulo), avaliou o comandante do Galo.

LEIA MAIS:

ATLÉTICO TEM RENDIMENTO PARECIDO COM O DO ANO PASSADO ANTES DA PARADA PARA A COPA