Alexander Rossi fatura pole para primeira corrida do GP de Detroit

Favorito a pole desde os treinos da sexta-feira, piloto da Andretti Autosport faturou a posição de honra para a corrida desta tarde

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: IndyCar

Alexander Rossi conquistou a pole position para a primeira corrida do Grande Prêmio de Detroit, sétima etapa da temporada 2019 da Indy. Na classificação realizada no início da tarde deste sábado (1) no circuito montado nas ruas da Ilha Bela, o piloto da Andretti Autosport foi o mais rápido do grupo 2 – e no geral – ao anotar 1min14s1989, garantindo a posição de honra para a prova que acontece ainda hoje.

A classificação em Detroit faz com que Rossi, o pole, puxe todo o seu grupo para as posições ímpares do grid. Assim, Josef Newgarden, mais rápido do primeiro grupo com um carro da Penske, parte em segundo mesmo com um tempo pior em relação ao de Scott Dixon, segundo melhor do G2, mas que largará da terceira posição com o carro da Chip Ganassi, tendo ao seu lado na segunda fila Felix Rosenqvist, seu companheiro de equipe.

Colton Herta, com o equipamento preparado pela Harding, parte da quinta colocação, enquanto Ryan Hunter-Reay, da Andretti, começa a corrida em sexto. Pato O’Ward, da Carlin, largará da sétima posição após ser o quarto do G2, e terá ao seu lado Zach Veach, da Andretti. O grupo dos dez primeiros colocados será completado por Takuma Sato, da Rahal Letterman Lanigan, e James Hinchcliffe, da Schmidt Peterson.

Os brasileiros não conseguiram boas posições de largada e começarão a corrida do fim do grid. Matheus Iorio largará da 20ª posição com o carro da AJ Foyt, após ser o penúltimo colocado do primeiro grupo de pilotos a ir para a pista. Tony Kanaan teve desempenho ainda mais tímido, sendo o pior entre os 11 pilotos do G2, e largará em 21º com o outro carro do time de AJ Foyt.

A primeira corrida do Grande Prêmio de Detroit tem largada marcada para 16h40, e contará com transmissão do canal de TV por assinatura Bandsports e do serviço de streaming DAZN.

Foto: IndyCar