Após chamar contratação de “m…”, Neto volta atrás sobre Guerrero no Inter: “Queria que fosse brasileiro”

Polêmico apresentador mudou de opinião após fazer duríssimas críticas ao Inter por apostar no peruano em agosto de 2018, data da assinatura do contrato de três anos.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/Imagens de divulgação

Com nove gols marcados em 13 jogos, o centroavante Paolo Guerrero vai encantando no Inter e contrariando todos aqueles que questionaram a sua contratação em agosto de 2018. Um deles foi o ex-jogador e atual apresentador da TV Bandeirantes, Neto.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Em vídeo na época da negociação, ele considerou que o time gaúcho estaria fazendo uma “m…” ao contratar o peruano por três anos. Mas, recentemente, em uma “live” no Instagram, mudou de opinião:

Veja:

“O Internacional fez essa m… agora. Contratar o Guerrero. Três anos de contrato. Ele que falava que só jogava no Corinthians, aí foi para o Flamengo e não jogou p… nenhuma. Brigou, caiu no doping. Foi pra Copa e não jogou nada. Vamos ver quanto tempo ele vai jogar no Inter e quantos gols vai fazer”, disse Neto em 2018.

“Pô, o Guerrero está arrebentando, velho. Queria o Guerrero na seleção brasileira, só que ele é peruano”, modificou, recentemente.

Servindo ao selecionado do Peru, que se prepara para a Copa América, Guerrero desfalca o Inter na próxima sexta-feira diante do Vasco, fora de casa.

LEIA MAIS:

“Era uma paixão fora do comum”, diz pai de menina vítima de parada cardíaca sobre D’Alessandro

Geninho reconhece força do Inter: “Altamente arrumado, vai brigar por títulos”

Morador de rua visita o Beira-Rio, conhece jogadores e se emociona: “Foi ótimo”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram