Após empate com São Paulo, Avaí segue na lanterna e Geninho avisa: “Precisamos de jogadores cascudos”

Time catarinense chegou a 11 partidas sem vencer na temporada e o técnico Geninho quer jogadores experientes no elenco “para segurar a bala”.

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/ Facebook oficial Avaí FC

O Avaí empatou em 0 x 0 com o São Paulo na noite de sábado (8), na Ressacada, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro e continua sem vencer na competição. O resultado manteve o Leão em último lugar, com apenas quatro pontos ganhos.

Mesmo assim, o técnico Geninho gostou da postura do seu time no duelo contra o Tricolor Paulista, especialmente na defesa.

“O São Paulo jogou o tempo todo com a bola no chão. Temos que elogiar nossa postura defensiva (…) Se a gente não tivesse feito uma boa partida na defesa, teríamos perdido. Não foi um grande jogo tecnicamente para nenhum dos lados. Uma equipe inibiu a outra de jogo. O Cuca também vai dizer que a postura do Avaí atrapalhou o que ele planejava para o São Paulo, declarou o treinador avaiano em entrevista coletiva depois da partida.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Geninho disse também que o modelo de jogo adotado pelo técnico Cuca, colocando o time para frente, complicou o encaixe de marcação da sua equipe.

Geninho, técnico do Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/ Avaí FC)

“Você fazer uma projeção, trabalhar e planejar é uma coisa. A execução é outra. Você depende que o adversário permita e que os jogadores executem de maneira boa, positiva. Tivemos poucos lances pelos lados (…) O São Paulo veio no 4-2-4 e isso segurou nossos laterais e dificultou o encaixe. Ficou um jogo perigoso”, explicou.

O Avaí tem quatro derrotas e quatro empates no Brasileirão. E já soma 11 jogos sem vitória na temporada. O treinador do Leão reconhece a situação complicada e acredita ser necessário ter jogadores mais “cascudos” e experientes no elenco para uma reação.

“A cada rodada que passa e você não ganha, a responsabilidade aumenta. Por isso que precisamos de jogadores cascudos para segurar a bala. A maioria dos nossos jogadores são garotos”, sentenciou Geninho.

O Avaí volta a campo na quinta (13), às 20h00, no Allianz Parque, diante do Palmeiras. Será a partida entre o líder e o lanterna do Brasileirão, pela nona e última rodada antes da parada para a Copa América.

LEIA MAIS

Luxemburgo exalta primeira vitória no Brasileirão e avisa: “Isso aqui é Vasco. Tem que se sacrificar”

Zé Roberto vê Copa América como chance para o Brasil recuperar o prestígio: “A seleção precisa de uma conquista expressiva”