“Aqui não é Grêmio!”? Luan não se arrepende de respostas e revela a origem da briga com Sasha

Em entrevista concedida ao canal Esporte Interativo publicada nesta semana, atacante do Grêmio explica como começou o desentendimento com o atual jogador do Santos.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Arte - montagem sobre fotos de divulgação Grêmio/Inter - Lucas Uebel/Ricardo Duarte

Andrigo parte em disparada do lado direito de ataque e recebe passe milimétrico de Vitinho. O meia enche o pé, acerta o ângulo de Elias e abre o placar para o Inter sobre o Juventude no jogo de ida da final do Gauchão de 2016. E está na comemoração desse lance, absolutamente alheio ao Grêmio, a origem das inúmeras trocas de farpas entre Eduardo Sasha e Luan.

Titular daquele time colorado de Argel Fucks, que, na semana seguinte, seria campeão estadual no Beira-Rio, Sasha aproveitou a comemoração do gol de Andrigo para disparar em direção à arquibancada flagrado pelas câmeras: “Aqui não é Grêmio, c…”. O tricolor, vale lembrar, foi eliminado pelo próprio Juventude na semifinal ao perder em Caxias do Sul por 2×0, tornando insuficiente o 3×1 feito na Arena.

Quer saber quem chega e quem sai dos clubes do Brasil e do mundo?

 

Para castigar ainda mais o lado rival, Sasha, no domingo seguinte, marcou um gol de cabeça sobre o mesmo adversário e retirou uma das bandeirinhas de escanteio do Beira-Rio para dançar a valsa – uma referência aos 15 anos sem grandes títulos do Grêmio, jejum que foi quebrado naquele mesmo 2016, no final da temporada, com a Copa do Brasil.

“Na verdade foi uma resposta, o outro lado que começou. Também tem que ter respeito por nós. Desrespeitaram a gente. Se tiver a oportunidade, faria de novo. Ou até pior. Ainda não pensei em nada”, disse Luan ao Esporte Interativo.

Com as provocações do então atacante colorado bem vivas na memória, Luan repetiu a dose após os títulos da Copa do Brasil e da Libertadores. Em ambas, durante entrevistas ao vivo, frisou que “o Grêmio é campeão e o Sasha é um c…”. Ao falar após o título continental sobre o Lanús em 2017, o gremista foi respondido via Instagram pelo desafeto, que insinuou ter “pego” alguma “namoradinha” do rival.

“Foi no Gauchão daquele ano, eles foram jogar em Caxias contra o Juventude, fizeram um gol e (o Sasha) disse: “Aqui não é Grêmio”. Isso porque a gente tinha perdido pro Juventude antes. Então foi uma resposta minha. Acabou que o Edílson chegou junto e falamos. Mas a nossa melhor resposta foi com títulos dentro de campo. Não precisava eu responder, mas respondi pra mostrar que aqui não tem bobo. Temos uma grande camisa e grandes jogadores”, explicou o gremista.

Luan deixou claro que não mantém nenhuma relação de amizade com Sasha, mas, ainda assim, desejou sucesso ao rival em sua carreira.

LEIA MAIS:

Quem fica e quem sai: Rodrigo Caetano dá pistas sobre o segundo semestre do Inter

Com gol de título e comemoração-saci, ex-volante cita ano da “reviravolta” no Inter e lamenta: “Só queria ter ficado”

Com Iago perto de sair, Inter mira substituto e representante fala em “percentual de esperança”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram