Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Em busca da liderança, Independência volta a ser carta na manga do Atlético

O Galo possui ótimo aproveitamento atuando no Horto na temporada 2019

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Bruno Cantini/CAM/divulgação

O Atlético segue firme no Campeonato Brasileiro e o objetivo do clube e alcançar a liderança da competição antes da parada para a Copa América. Para obter sucesso, uma das armas do Galo é o Independência, que voltou a ser o caldeirão atleticano. Durante a semana, a emocionante classificação do time na Sul-Americana reviveu os momentos históricos da equipe atuando no Horto.

Na atual temporada, o aproveitamento do Atlético jogando no Independência ultrapassa os 80%. Atualmente, os comandados de Rodrigo Santana sustentam nove vitórias e três empates nas 12 partidas disputadas no Horto, ou seja, aproveitamento de 83%. E os bons números não param por aí, pois a última derrota do Galo no “Indepa” aconteceu ainda em 2018, quando perdeu para o Grêmio por 1 a 0, no duelo válido pelo Campeonato Brasileiro, no dia 3 de novembro.

No domingo (02), o Atlético buscará a continuidade dos ótimos números jogando no Independência, pois recebe o CSA, que neste momento está na zona de rebaixamento, às 19h. Apesar da colocação ruim da equipe, o experiente zagueiro Leonardo Silva espera um duelo complicado.

“Com dificuldade. É uma equipe que mesmo subindo agora (para a Série-A) tem feito bons jogos, mesmo que não estejam bem na tabela de classificação. Dentro de casa temos que pressionar o adversário para não correr risco de sermos surpreendidos. Precisamos fazer um bom jogo para nos mantermos nas primeiras colocações do Brasileirão. Estamos nos preparando para enfrentar as dificuldades”, afirmou Léo Silva, antes de ser diagnosticado com uma lesão no músculo posterior da coxa. O defensor não tem prazo definido para voltar a ficar à disposição.

“Não diz nada (estar na zona de rebaixamento). Nós estamos em casa e teoricamente o favoritismo é do Atlético. Porém, esse favoritismo pode não acontecer. Então, precisamos encarar a partida com muita seriedade. O fato do CSA estar na zona de rebaixamento não quer dizer que ele não vá fazer um bom jogo”, finalizou.

LEIA MAIS:

DEPARTAMENTO MÉDICO DO ATLÉTICO ATUALIZA SITUAÇÃO DE RICARDO OLIVEIRA

As melhores notícias de esportes, direto para você