Basquete é o terceiro esporte com maior espaço de transmissão na TV, segundo pesquisa do Ibope

Pesquisa do Ibope Repucom mostra que o basquete apresentou grande crescimento no espaço de transmissão em emissoras de TV aberta e fechada. Entre janeiro e maio o esporte teve 365 horas de transmissão

Antonio Carlos Junior
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Fotojump/LNB

O esporte vem recuperando força no cenário do esporte nacional. De acordo com dados coletados pelo Ibope, o esporte da bola laranja teve 365 horas de transmissão em TV aberta e fechada, entre os meses de janeiro de maio.

Um dos grandes fatores para o crescimento da modalidade é o investimento da Liga Nacional de Basquete (LNB). A LNB é responsável pelo NBB Caixa, principal competição de basquete brasileiro. A última temporada da competição contou com transmissões em seis plataformas diferentes.

Ao todo, 92 partidas do NBB foram transmitidas ao vivo em quatro canais – Band, BandSports, ESPN e Fox Sports. Além disso, outras 54 partidas foram transmitidas com exclusividade no Facebook e mais 13 no Twitter. Assim, a LNB demostra o investimento que vem sendo realizado no crescimento do esporte no Brasil.

“A curva ascendente do interesse pelo basquete confirma os resultados positivos dos esforços conjuntos do NBB e da NBA no Brasil. Várias ações contribuíram para o fortalecimento da popularidade do basquete, entre elas o crescimento do NBB, a transformação do Jogo das Estrelas, a NBA House, a multiplataforma de transmissão do NBB, o retorno da NBA pra TV Aberta”, disse Álvaro Cotta, diretor de marketing de LNB.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Além disso, a ESPN transmite toda semana um jogo da Liga de Basquete Feminino (LBF). A ação também tem gerado visibilidade para a modalidade, além de explorar o potencial do esporte feminino.

“Todas essas realizações conferiram para a recuperação da credibilidade e da atratividade do público pela modalidade. Percebemos que o movimento se fortalece a cada temporada, sinalizando um cenário otimista para os próximos anos”, completou Cotta.

Os números do Ibope apontam para o crescimento da modalidade no Brasil. Seja pela popularidade do basquete nacional, através do NBB ou internacional, com foco da NBA. O último jogo das finais da NBA, por exemplo, foi comentado por quase 12 mil pessoas no twitter. O Brasil foi o terceiro país do mundo em comentários sobre o jogo entre Raptors e Warriors.

Além disso, os números também deixam claro que o tempo gasto assistindo a modalidade aumentou cerca de 25% nesta temporada.

“O basquete vive um momento especial em nosso país, não apenas pelo expressivo volume de horas dedicadas à modalidade nas transmissões ao vivo nos últimos anos em TV aberta ou fechada, mas também pelo aumento dos brasileiros que se declaram fãs da modalidade, que desde 2018 se mantém nos mais altos patamares já registrados fora de anos olímpicos”, disse disse José Colagrossi, Diretor do Ibope Repucom.

Leia mais:

Space Jam 2: Lebron James constrói quadra no set de filmagens do filme

Mercado do NBB: veja as movimentações das equipes para a próxima temporada

Análise: quem se deu bem nas escolhas do NBA Draft 2019