Sob olhar de Bolsonaro, Flamengo bate o CSA na despedida de Marcelo Salles

O presidente da República Jair Bolsonaro assistiu ao jogo do Flamengo por 2 a 0 nesta noite no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Bia Palumbo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Este foi o último jogo do Flamengo sob comando de Marcelo Salles, visto que a partir do dia 20 o português Jorge Jesus assume a equipe. O interino treinou o time desde a demissão de Abel Braga, em 29 de maio. Neste período foram três vitórias (Fortaleza, Corinthians e CSA), um empate (Fluminense), sendo cinco gols marcados e nenhum sofrido.

O resultado deixa o Flamengo com 17 pontos no Brasileirão, sendo cinco vitórias, dois empates e duas derrotas. Neste momento a equipe está em 3º lugar no campeonato, mas ainda pode ser ultrapassada por Atlético-MG e Botafogo. Já o CSA segue na zona de rebaixamento, na 19ª posição. Com apenas uma vitória em nove rodadas, o time alagoano soma seis pontos (três empates e cinco derrotas).

VÍDEO: BOLSONARO E MORO ACOMPANHAM JOGO DO FLAMENGO

COMO FOI O JOGO DO FLAMENGO EM BRASÍLIA

Vitinho e Gabigol balançaram as redes contra o CSA. Com 35 mil torcedores no estádio, o Flamengo dominou a partida. No total foram 25 finalizações do rubro-negro e seis defesas difíceis do goleiro Jordi, ex-Vasco. No primeiro tempo, o VAR foi acionado por suposto toque de mão do volante Willian Arão dentro da área. Alertado pela equipe de vídeo, o árbitro Douglas Marques das Flores checou no monitor à beira do campo, mas não marcou o pênalti.

No final da partida, aos 43 minutos do segundo tempo, o técnico Marcelo Salles promoveu a estreia do lateral direito João Lucas. O ex-jogador do Bangu que se destacou no Campeonato Carioca fez em Brasília o primeiro jogo com a camisa do Flamengo. Ele substituiu Rodinei, que foi titular devido à suspensão de Pará.

Artilheiro do Flamengo na temporada, Gabigol também perdeu duas chances claras de gol. Mesmo assim, ele conseguiu marcar no 2º tempo e fez o 14º dele com pelo rubro-negro. Companheiro de ataque, Bruno Henrique também teve oportunidades mas passou em branco desta vez.

O próximo jogo do Flamengo é no dia 10 de julho. A estreia de Jorge Jesus será contra o Athletico Paranaense, pelas quartas de final da Copa do Brasil, em Curitiba. Pelo Brasileiro o adversário é o Goiás no dia 14. Nesta data, o CSA visita o Corinthians em Itaquera.

FICHA TÉCNICA: CSA 0 x 2 Flamengo
Motivo: Campeonato Brasileiro Série A – Brasileirão – 9ª Rodada
Data e horário: quarta-feira (12), às 21h30 (de Brasília)
Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF
Público e Renda: 37.673 / R$ 2.949.665,00
Arbitragem: Douglas Marques das Flores, Emerson Augusto de Carvalho, Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (campo); Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR)
Cartões amarelos: Didira, Jonatan Gomez, Leandro Souza (CSA); Gabigol (FLA)
Cartão vermelho: Nenhum
Gols: Vitinho (FLA), aos 20min do 2º Tempo; Gabigol (FLA), aos 31min do 2º Tempo
CSA: Jordi; Celsinho, Gerson, Leandro Souza e Carlinhos; Nilton (Patrick Fabiano, 32’/2ºT), Apodi (Maranhão, 25’/2ºT), Didira e Jonatan Gomez; Cassiano e Victor Paraíba (Gerson Júnior, 38’/2ºT). Técnico: Marcelo Cabo.
FLAMENGO: César; Rodinei (João Lucas), Thuler, Rodrigo Caio e Renê; Piris da Motta, Willian Arão e Everton Ribeiro; Vitinho, Gabriel (Berrío, 42’/2ºT) e Bruno Henrique (Lincoln, 37’/2ºT). Técnico: Marcelo Salles.

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE A – JOGOS DA 9ª RODADA
Quarta-feira (12)
Botafogo 0 x 1 Grêmio
Fortaleza 2 x 1 Cruzeiro
Internacional 3 x 1 Bahia
Santos 1 x 0 Corinthians
CSA 0 x 2 Flamengo

Quinta-feira (13)
Vasco x Ceará
Atlético-MG x São Paulo
Palmeiras x Avaí
Chapecoense x Fluminense
Goiás x Athletico Paranaense

LEIA MAIS:
Brasileirão 2019: veja a classificação atualizada após os jogos de quarta (12)
Brasileirão Série A: Assista aos melhores momentos de CSA x Flamengo