Falido, lenda do tênis terá troféus, medalhas e outros itens leiloados para pagamento de dívidas

Em dificuldades financeiras desde 2017, Boris Becker está falido e terá mais de 80 artigos de sua coleção leiloados para garantir renda e pagar dívidas

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Twitter/Reprodução

Um dos grandes nomes da história do tênis está em péssima situação financeira. É justo dizer, aliás, que Boris Becker está falido. Uma notícia revelada nesta segunda-feira (24) pela imprensa britânica dá conta da situação de penúria do ex-atleta. Para pagar dívidas do alemão, os troféus da carreira do jogador serão leiloados.

A casa Wyles Hardy, especialista em leilões, será a responsável pela venda e por arrecadar os fundos para o atleta. Os lances relativos a Boris Becker falido podem ser dados até o dia 11 de julho. São, ao todo, 82 artigos que irão ao mercado. Medalhas, troféus, raquetes, relógios e fotografias estão entre eles.

Hoje, o alemão tem 51 anos. Em toda a sua carreira, o tenista conquistou 49 títulos profissionais. São seis grand slams (quatro torneios principais do calendário do tênis). Venceu uma vez o US Open, duas o Australian Open e três vezes em Wimbledon. É, até hoje, o vencedor mais jovem do torneio britânico na história. Em 1985, Boris Becker, hoje falido, tinha 17 anos.

Becker, já em situação de falência, foi técnico de Novak Djokovic entre 2013 e 2016. Venceu, ao menos uma vez, todos os Grand Slams com o sérvio. Duas vezes na Austrália e na Inglaterra, uma na França e nos Estados Unidos. Hoje, Boris Becker falido atua como comentarista de tênis da BBC.

Em 2018, provocou outra polêmica. Ele afirmou que foi nomeado pelo presidente da República Centro-Africana como um representante do país na União Europeia. Seu passaporte, porém, era falso.

LEIA MAIS
Relembre as maiores rivalidades da história do tênis
Nadal, Federer e Djokovic voltam a ser top 3 em ranking da ATP após o US Open
Rafael Nadal ajuda no resgate às vítimas de chuvas em Mallorca, terra natal do tenista