Brasil: Marta se sente 100% recuperada, mas Vadão não garante titularidade

Ausente na estreia da Seleção Brasileira, a camisa 10 sente que tem condições de ser titular. Contudo, uma reunião programada até a manhã desta quinta define se Marta joga no segundo jogo do Brasil na Copa do Mundo.

Fábio Dias
Jornalista formado pela Universidade Nove de Julho, com especialização em Jornalismo Esportivo pela Cursos Prado.Os 140 caracteres do Twitter não estavam sendo suficientes para analisar todos os jogos que o autor acompanha durante a semana. O mundo é uma bola, nada mais justo do que este perfil retratar todas as nuances do esporte mais sensacional que já inventaram. Análises táticas, técnicas e históricas sobre os campeonatos do Brasil e do Mundo, com olhar crítico, aqui no Torcedores.

Crédito: Marta não está garantida como titular no Brasil, apesar de se sentir 100% recuperada de lesão. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Recuperada de lesão no músculo bíceps femoral da coxa esquerda, Marta se sente 100% apta a entrar em campo amanhã. O Brasil joga contra a Austrália, pela segunda rodada do grupo C, da Copa do Mundo Feminina. No entanto, apesar de já ter treinado com as companheiras, a camisa 10 não tem presença garantida no duelo.

Foi o que confirmou o técnico Vadão, em entrevista coletiva. “Ela voltou a treinar, mas nós ainda vamos fazer uma reunião provavelmente hoje à noite, ou amanhã pela amanhã, para ver como ela está. Ela tem respondido muito bem ao tratamento, e o departamento médico a liberou para que os trabalhos de campo fossem iniciados. Agora depende da própria Marta dizer como se sentiu nos últimos dois dias”, contextualizou o comandante brasileiro.

Depois da vitória no domingo, Vadão chegou a dizer que quem escalaria Marta para a partida seria o departamento médico.

A partida contra a Austrália será disputada no Stade de la Mosson, em Montpellier. As australianas perderam, na estreia, para a Itália por 2 a 1. Em contrapartida, o Brasil estreou com vitória sobre a Jamaica, com hat-trick de Cristiane.

Time titular não foi confirmado

Por isso, Vadão não revelou aos jornalistas a equipe que entrará em campo. Assim, não é possível garantir se o quarteto ofensivo formado por Andressa Alves, Debinha, Bia e Cristiane será mantido.

“A gente treinou alternativas e vai escolher a melhor para este jogo. Obviamente, não vamos falar aqui quais são as alternativas. Depois do jogo a gente fala. Nós já vínhamos treinando as alternativas em Portimão, então estamos conscientes de que temos opções”, concluiu Vadão.