Mercado da Bola: meia campeão da UEFA Nations League é disputado por três times ingleses

Meia do Sporting, mídia europeia afirma que Bruno Fernandes no Liverpool, Tottenham ou Manchester United pode ser uma realidade

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Twitter/Reprodução

Três times ingleses desejam um campeão da UEFA Nations League. De acordo com a imprensa da Europa, Bruno Fernandes no Liverpool, Tottenham ou Manchester United são especulações que podem se tornar uma transferência de verdade. Ao menos é o que garantem os jornais Correio da Manhã, de Portugal, e The Sun, da Inglaterra.

De acordo com as publicações, o valor da transferência é de 70 milhões de euros. Ou seja: Bruno Fernandes no Liverpool, Tottenham ou Manchester United só será uma realidade caso um dos três clubes desembolse cerca de R$ 350 milhões.

Liverpool e Tottenham, de acordo com as publicações, são os principais interessados. Os Reds querem se reforçar e ter jogadores para municiar Salah, Mané e Roberto Firmino. Já os Spurs querem se precaver ante à iminente saída de Christian Eriksen.

Bruno Fernandes no Liverpool e no Tottenham, porém, tem seus concorrentes. Podendo perder Juan Mata, o Manchester United também pensa na contratação do atleta. Por fim, um clube fora da Inglaterra está na disputa, afinal. Trata-se da Internazionale. O clube nerazzurro, porém, não dispõe dos capitais financeiros que os clubes britânicos. Isso afasta a equipe de Milão da transferência.

Caso Bruno Fernandes no Liverpool, Tottenham ou Manchester United se concretize, o atleta terá mais uma mudança de clube na carreira. Nas categorias de base, o jogador passou por Infesta, Boavista, Pasteleira e Novara. Se profissionalizou no clube italiano e, depois, rodou por Udinese e Sampdoria. Voltou ao seu país natal em 2017, ao assinar com o Sporting.

LEIA MAIS
Lesões, morte de avô e choro da mãe: Reginaldo explica emoção após decretar derrota do Flamengo na Copa São Paulo
Torcida do São Paulo lamenta morte de Daniel no Twitter
Morte de Luiz Carlos Fabrini repercute nas redes sociais; veja tweets