Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Caso Neymar é vetado em entrevistas coletivas da Copa América

As polêmicas do jogador da Seleção Brasileira foram excluídas das entrevistas

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

O caso Neymar, que envolve uma acusação de estupro feito por uma modelo, um crime virtual cometido pelo jogador, e qualquer polêmica que envolva o camisa 10 da Seleção Brasileira, cortado após lesão no tornozelo, foi vetado de entrevistas coletivas da Copa América, segundo a coluna De Primeira, do UOL.

Um dos exemplos disso foi durante a coletiva de imprensa da seleção do Catar na última terça-feira (18), quando o treinador e um jogador foram à sala de imprensa, mas logo um assessor da Conmebol comunicou que só seriam toleradas perguntas sobre o torneio.

Vale destacar que Neymar é parceiro comercial e garoto propaganda de uma série de marcas que são patrocinadoras da Copa do Mundo do Catar, que será realizada em 2022, e a medida foi tomada para que nenhuma polêmica maior fosse levantada sobre o atleta.

O assunto Neymar também tem deixado cada vez mais as coletivas da Seleção Brasileira, visto que as respostas sobre o camisa 10 ficam restritas aos atletas na zona mista.

Leia mais:
Thiago Silva diz que vaias contra a seleção são injustas e valoriza defesa do Brasil

Rizek critica influência de Neymar pai na Seleção: “Eu acho que Tite faz parte da comissão técnica dele”