Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Champions League: Gol de Origi impede primeiro 1 a 0 em finais desde 1998

Divock Origi marcou, aos 42 minutos do segundo tempo, o segundo gol do Liverpool na conquista contra o Tottenham. O gol do atacante belga decretou o resultado de 2 a 0.

Fábio Dias
Jornalista formado pela Universidade Nove de Julho, com especialização em Jornalismo Esportivo pela Cursos Prado.Os 140 caracteres do Twitter não estavam sendo suficientes para analisar todos os jogos que o autor acompanha durante a semana. O mundo é uma bola, nada mais justo do que este perfil retratar todas as nuances do esporte mais sensacional que já inventaram. Análises táticas, técnicas e históricas sobre os campeonatos do Brasil e do Mundo, com olhar crítico, aqui no Torcedores.

Crédito: Origi marcou, aos 42 do segundo tempo, o gol que impediu o primeiro 1 a 0 em finais desde 1998. Reds terminaram com o hexa da Champions. (Foto: Reprodução/Liverpool)

Por sinal, Origi mostrou estrela na reta final da Liga dos Campeões. Com três gols marcados, o belga fez dois contra o Barcelona, na semifinal, e o gol que decretou o título dos Reds, em Madrid. A vitória, no Wanda Metropolitano, acabou por consolidar, portanto, o hexacampeonato do Liverpool na competição.

Assim, a última decisão definida por 1 a 0 segue sendo a de 1998. Na oportunidade, o Real Madrid venceu a Juventus, em Amsterdã, pelo placar mínimo. O gol foi marcado por Mijatovic, na atual Johan Cruyff Arena.

Levantamento do perfil ESPN Datos, no Twitter, mostra que o placar de 1 a 0 foi o mais repetido na história: 15 vezes.

Neste período, aliás, só uma final terminou sem gols no tempo normal: Milan e Juventus, em 2003, no Old Trafford. Em geral, as finais da Liga dos Campeões têm pelo menos dois gols por jogo.

Confira, abaixo, as decisões que terminaram em 1 a 0 na história. E, em seguida, as finais desde 1998, com a média de pelo menos dois gols marcados.

Decisões que terminaram em 1 a 0 ao longo da história

Internazionale de Milão 1 x 0 Benfica – temporada 1964-65

Ajax 1 x 0 Juventus – temporada 1972-73

Bayern de Munique 1 x 0 Saint-Étienne – temporada 1975-76

Liverpool 1 x 0 Club Brugge – temporada 1977-78 (segunda conquista dos Reds)

Nottingham Forest 1 x Malmö – temporada 1978-79

Nottingham Forest 1 x 0 Hamburgo – temporada 1979-80

Liverpool 1 x 0 Real Madrid – temporada 1980-81 (terceira conquista dos Reds)

Aston Villa 1 x 0 Bayern de Munique – temporada 1981-82

Hamburgo 1 x 0 Juventus – temporada 1982-83

Juventus 1 x 0 Liverpool – temporada 1984-85

Milan 1 x 0 Benfica – temporada 1989-90

Barcelona 1 x 0 Sampdoria (na prorrogação) – temporada 1991-92

Olympique de Marseill 1 x 0 Milan – temporada 1993-94

Ajax 1 x 0 Milan – temporada 1994-95

Real Madrid 1 x 0 Juventus – temporada 1997-98

Decisões da Liga dos Campeões desde temporada 1997-98

Real Madrid 1 x 0 Juventus – temporada 1997-98

Manchester United 2 x 1 Bayern de Munique – temporada 1998-99

Real Madrid 3 x 0 Valencia – temporada 1999-00

Bayern de Munique 1 (5 x 4) 1 Valencia – temporada 2000-01

Real Madrid 2 x 1 Bayer Leverkusen – temporada 2001-02

Milan 0 (3 x 2) 0 Juventus – temporada 2002-03

Porto 3 x 0 Monaco – temporada 2003-04

Liverpool 3 (3 x 2) 3 Milan – temporada 2004-05 (quinta conquista dos Reds)

Barcelona 2 x 1 Arsenal – temporada 2005-06

Milan 2 x 1 Liverpool – temporada 2006-07

Manchester United 1 (6 x 5) 1 Chelsea – temporada 2007-08

Barcelona 2 x 0 Manchester United – temporada 2008-09

Internazionale de Milão 2 x 0 Bayern de Munique – temporada 2009-10

Barcelona 3 x 1 Manchester United – temporada 2010-11

Chelsea 1 (4 x 3) 1 Bayern de Munique – temporada 2011-12

Bayern de Munique 2 x 1 Borussia Dortmund – temporada 2012-13

Real Madrid 4 x 1 Atlético de Madrid (na prorrogação) – temporada 2013-14

Barcelona 3 x 1 Juventus – temporada 2014-15

Real Madrid 1 (5 x 3) 1 Atlético de Madrid – temporada 2015-16

Real Madrid 4 x 1 Juventus – temporada 2016-17

Real Madrid 3 x 1 Liverpool – temporada 2017-18

Liverpool 2 x 0 Tottenham – temporada 2018-19 (sexta conquista dos Reds, com gol de Origi)