Copa América: Duelo entre Equador x Japão registra o pior público do Mineirão desde a reforma do estádio

Diversas crianças acompanharam a partida em Minas Gerais de forma gratuita

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Divulgação - Copa América

Finalizando o Grupo C da Copa América, Equador e Japão não passaram de um empate em 1 a 1 no Mineirão e acabaram se despedindo de forma melancólica. Contudo, o que mais chamou atenção no duelo foi o público. Marcada pela baixa presença, a competição presenciou o seu pior público pagante nos 18 duelos disputados. A presença de apenas 2.106 pagantes também foi o público mais baixo após a reformulação do Mineirão em 2013.

Ao todo, 9.729 torcedores acompanharam a partida, contudo, foram 7.623 gratuidades, o que gerou uma renda de apenas R$ 301.525, com o bilhete médio saindo ao custo de R$ 143.

O número de pagantes registrado no estádio superou negativamente a marca da partida Cruzeiro x Vitória, pela 36ª rodada do Brasileirão da temporada passada. Naquela oportunidade, 2.421 pessoas pagaram ingresso para acompanhar o embate no Mineirão.

O pior índice da Copa América que até então pertencia ao jogo entre Bolívia x Venezuela (4.640 pagantes), também acabou sendo superado.

Com a chegada do mata-mata, ao que tudo indica este deve ficar como o pior público da competição.

LEIA MAIS:

Definido! Brasil encara Paraguai nas quartas de final da Copa América

Aniversariante do dia, Messi é convidado para integrar Calçada da Fama do Maracanã

Defesa intransponível, ataque eficaz; veja os números do Brasil na Copa América

Jogadores do Uruguai ajudam funcionários a carregar utensílios e equipamentos de comunicação; veja

Torcedores europeus vão à loucura com atuação de Everton e pedem sua contratação; veja repercussão