Copa América: saiba quais são os pontos fortes de Brasil e Argentina segundo os atletas

Felipe Anderson, Manuel Lanzini e Jonathan Calleri analisam as seleções de seus países para a competição

Matheus Adami
Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.

Crédito: PORTO ALEGRE, BRAZIL - JUNE 09: Philippe Coutinho (R) of Brazil celebrates with his teammates after scoring the third goal of his team during the International Friendly Match between Brazil and Honduras at Beira Rio Stadium on June 9, 2019 in Porto Alegre, Brazil. (Photo by Buda Mendes/Getty Images)

A Copa América 2019 começa na próxima sexta-feira (14). Neste dia, Brasil e Bolívia dão o pontapé inicial ao torneio no estádio do Morumbi, em São Paulo. Emoção é o que não vai faltar no país que receberá a 46ª edição do torneio.

E emoção, também, é o que não faltará para três atletas que não estarão com as seleções de seus países. Mas que conhecem bem a experiência de acompanhar a Copa América: Felipe Anderson e o argentino Manuel Lanzini, meias do West Ham, da Inglaterra, e Jonathan Calleri, ex-atacante do São Paulo, atualmente no Alavés, da Espanha.

“Nasci vendo a Argentina ser campeã da Copa América”, disse Calleri em vídeo produzido pela Betway, empresa que patrocina tanto o Alavés quanto o West Ham. “É um torneio muito importante. Todos lutam por um sonho, não só os 23 jogadores que são convocados, mas todo um país”, completou Lanzini.

Questionados sobre quem será o campeão do torneio, eles, claro, se dividem:

“É uma trabalho de equipe muito bom, com muitos frutos. Temos um estilo, uma ideia de jogo e creio que podemos ser campeões”, afirmou Felipe Anderson. “Temos jogadores muito bons e o melhor do mundo, o que é muito importante e temos de saber aproveitar”, falou Lanzini, referindo-se à Lionel Messi, camisa 10 da equipe argentina no torneio.

Confira o vídeo completo produzido pela Betway:

Betway