Copa Paulista: Taubaté estreia mal e perde em casa para o Nacional

Em estreia na Copa Paulista, time do Vale do Paraíba é derrotado em pleno Joaquinzão diante do Nacional e parte da torcida protesta pedindo “mais raça” aos jogadores

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Adriano Oliveira/ Torcedores

O Taubaté não começou bem sua participação na Copa Paulista deste ano. Dentro de casa, o time estreou na manhã deste domingo (23) contra o Nacional e foi derrotado por 1 x 0, em atuação abaixo do esperado que gerou protesto de parte dos 620 torcedores que compareceram ao Joaquinzão.

O time da capital foi superior durante toda a partida, principalmente nos primeiros 15 minutos de cada etapa, e quase todas as chances de gol foram criadas a partir de erros defensivos do Taubaté.

Com mais posse de bola, o Burro chegou até a equilibrar o jogo depois da metade do primeiro tempo, mas sem nenhuma oportunidade clara para inaugurar o marcador. Estreantes na equipe, Branquinho articulava todas as jogadas ofensivas e Velicka quase fez um bonito gol em chute de longa distância.

O Nacional novamente voltou melhor depois do intervalo e abriu o placar logo aos 40 segundos, com gol de Gabriel Mendes, que finalizou após defesa parcial do goleiro taubateano Dida. O Alviazul buscou impor uma reação e por pouco não empatou em cobrança de falta de Branquinho e, depois, em outro arremate de fora da área, dessa vez com Marcos Nunes.

O técnico do Taubaté, Fábio Gomes, fez então três substituições com o objetivo de pressionar mais o adversário. Tatá, Elorhan e Adriano (que entrou no lugar de Branquinho)  deixaram o time com postura mais ofensiva, mas foi o Nacional que quase chegou ao segundo gol aos 42 minutos, quando Rogério Maranhão acertou uma bola na trave.

O estreante meia Branquinho, de 36 anos, concede entrevista após derrota do Taubaté na estreia da Copa Paulista

O meia Branquinho, do Taubaté, concede entrevista após a derrota para o Nacional (Foto: Adriano Oliveira/ Torcedores)

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e inscreva-se!

Com a derrota por 1 x 0, muitos torcedores do Taubaté vaiaram e protestaram depois do apito final do árbitro Kleber Canto dos Santos, entendendo que alguns jogadores não mostraram disposição para tentar reverter o placar contrário.

Em entrevista à Rádio Cacique Taubaté 1.160 AM, o meia Branquinho disse que, apesar do mau resultado na estreia, “ainda acredita no potencial do grupo”.

“Eu acredito no grupo. Temos que pensar em conseguir a classificação na primeira fase. Depois, no mata-mata, é outra situação”, disse à rádio o experiente jogador de 36 anos, que saiu de São José do Rio Preto para defender o Alviazul.

O diretor de futebol Carlos Arini, o Carlito, também falou à Rádio Cacique e afirmou que todos serão cobrados, “do departamento de futebol, passando pela comissão técnica até os jogadores”. Disse ainda que “ganhar, empatar ou perder faz parte do futebol”, mas que “os jogadores têm de honrar a camisa do Taubaté”.

O Burro da Central volta a jogar pela Copa Paulista no próximo domingo (30), às 15h00, no estádio José Liberatti, em Osasco, contra o Corinthians B.

LEIA MAIS

“Em busca de novos raios”, Santos inova e cria categoria sub-6 no futsal

Dos 17 clubes, nove são excluídos pela Federação da Série A2 do Campeonato Pernambucano, que começa em julho