Curry lamenta lesões sofridas nas finais, e afirma que a dinastia dos Warriors não acabou

Stephen Curry contribuiu com 21 pontos para os Warriors nesta quinta-feira (13), mas não conseguiu evitar que os Raptors conquistassem o título inédito da NBA em plena Oracle Arena. O armador lamentou a lesão de Klay Thompson no segundo tempo de jogo, e a cesta perdida por ele nos últimos instantes do jogo.

Andressa Fischer
Gaúcha, 21 anos. Vôlei | Futebol Gaúcho | Flamengo

Crédito: Foto: Garrett Ellwood/NBAE via Getty Images

Klay Thompson estava sendo o melhor jogador da partida contra os Raptors nesta quinta (13), até sofrer a lesão no joelho esquerdo, e ter que sair de quadra carregado. E se os Warriors já tinham perdido Kevin Durant na série, a saída do ala-armador foi um duro golpe para a equipe de Curry.

“A realidade é que não temos sido sorte com as lesões. A última do Klay (Thompson) aconteceu, quando melhor jogávamos como equipe e nos prejudicou tremendamente”, declarou Curry, após o último jogo dos Warriors na Oracle Arena, já que na próxima temporada o Chase Center, em San Francisco, será a nova casa da franquia”, disse.

Faltando 9 segundos para acabar o confronto, os donos da casa perdiam por apenas um pontos de diferença, e após um erro dos adversários, retomaram a posse de bola. Mas Iguogala errou na reposição, e os californianos se enrolaram para construir a jogada, que acabou com uma cesta de três pontos errada de Curry.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e se inscreva!

“Admito que falhei na cesta que poderia ser decisiva, mas ao mesmo tempo não acho que ter perdido o título signifique que nossa trajetória de cinco anos brilhantes tenha acabado”, afirmou. “O que conseguimos foi algo excepcional e é precisamente por isso que vamos continuar no caminho certo”, afirmou.

Eleito o MVP da temporada regular da NBA, o armador lamentou a falta de sorte, mas disse que os Warriors tiveram chances de forçar o jogo 7 até o final da partida.

“Não tivemos sorte, mas até o final contamos com possibilidades de ter conseguido a vitória e forçar a sétima partida”, lamentou o camisa 30.

LEIA MAIS

Klay Thompson rompe o ligamento do joelho esquerdo e só volta em 2020