10 jogadores que podem brilhar na Copa Africana de Nações 2019

A Copa Africana de Nações 2019 começa em 21 de junho, com várias estrelas mundiais que disputarão a competição mais importante do continente africano

Luis Fernando Filho
Jornalista formado, 23 anos, e fanático pelo futebol bem jogado para além das quatro linhas.

Falta menos de uma semana para o começo da CAN 2019, que será disputada no Egito e contará pela primeira vez com 24 seleções. Além disso, o torneio mudou o calendário e, ao contrário de acontecer no início do ano, as próximas edições serão disputadas sempre no meio dele.

Assista ao vivo os melhores jogos da Copa Africana de Nações de graça por 1 mês. Aproveite o lançamento do DAZN Brasil!

Está preparado para a Copa Africana de Nações 2019? Então veja a lista de jogadores que podem brilhar nesta edição.

MOHAMED SALAH (Egito)

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

O egípcio Salah. Foto: FIFA.com

Talvez a grande estrela do torneio, ainda mais pelo fato do Egito estar sediando a competição, Salah é a principal aposta dos egípcios para conquistar o torneio. Campeões pela última vez em 2010, os anfitriões da Copa Africana de Nações 2019 estão no Grupo A com República Democrática do Congo, Uganda e Zimbábue.

Cédric Bakambu (RD Congo)

Bakambu em ação. Foto: Divulgação

No grupo da anfitriã do torneio, a República Democrática do Congo tem uma boa cartada para esta CAN. Bakambu, do Beijing Guoan (China), pode ser uma grande aposta na competição. De porte físico avantajado e veloz, o congolês se destacou jogando pelo clube espanhol do Villareal, por onde ganhou notoriedade. Olho nesse nome.

Alex Iwobi (Nigéria)

Iwobi na Copa do Mundo. Reprodução: Facebook

O jovem revelado pelo Arsenal (ING) é a principal aposta do ataque nigeriano. Veloz pelos lados do campo, Iwobi terá a missão de levar a Nigéria à glória máxima na CAN, conquistada pela última vez em 2013. Os demais integrantes do Grupo B serão Guiné, Madagascar e Burundi.

Sadio Mané (Senegal)

Mané em ação pela CAN 17. Foto: KHALED DESOUKI / AFP

Mesmo não sendo surpresa na lista, o atacante de Senegal é cotado como um dos grandes nomes desta edição. No grupo C com Argélia, Quênia e Tanzânia, Mané terá a árdua missão de garantir a classificação para a próxima fase, e reconquistar a CAN.

Riyhad Mahrez (Argélia)

Mahrez em ação. Foto: divulgação

Há 19 anos sem conquistar o torneio continental, essa geração argelina enfrentará a pressão de confirmar a badalação que possuem nos últimos anos, liderada também por Mahrez. Veloz e muito técnico, o jogador do Manchester City é a estrela da seleção do norte africano. No grupo, muito provavelmente disputará o primeiro lugar com os senegaleses.

Hackim Ziyech (Marrocos)

Ziyech é grande aposta nesta CAN. Foto: divulgação

Um dos jogadores mais badalados da última temporada europeia, o marroquino que atua no Ajax estará sob os olhos de grande parte dos admiradores do futebol mundial. De qualidade técnica inquestionável, o meio-campista vai liderar tecnicamente o Marrocos, que tem no seu Grupo D a Costa do Marfim, África do Sul e Namíbia.

Wilfried Zaha (Costa do Marfim)

Zaha, da Costa do Marfim. Foto: divulgação

Fazendo grandes temporadas pelo Crystal Palace na Premier League, Zaha é a cartada final dos marfinenses, para reconquistarem a Copa Africana de Nações. Atuando pelos lados e com grande velocidade, o atacante será o abastecedor dos atacantes centrais dos Elefantes.

Wahbi Khazri (Tunísia)

A Tunísia vem bem representada. Foto: reprodução

A grande referência técnica dessa geração tunisiana sempre foi Khazri, atual jogador do Saint-Ettienne, da França. Mesmo em constante renovação no plantel, o meia-atacante continua sendo o grande líder da transição geracional que a Tunísia vem passando. No Grupo E, enfrentarão Mali, Mauritânia e Angola.

Moussa Marega (Mali)

O artilheiro Marega. RFI / Pierre René-Worms

Goleador do Porto (Portugal) na última temporada, Marega é a grande aposta de gols dos malianos para esta edição da Copa Africana de Nações. Mesmo com algumas ausências importantes na lista final, o atacante vai liderar a boa geração de jogadores do país no torneio continental.

Toko-Ekambi (Camarões)

Ekambi e ação pelo Villareal. FOTO: Marca.com

O atacante com pouca badalação, mas que pode surpreender nesta edição da Copa Africana de Nações. Ekambi será o abastecedor de gols para outro bom jogador, Sébastien Bassong. Assim, o atual jogador do Villareal atribuirá técnica ataque camaronês, com boas chances de brilhar no torneio. Os adversários no Grupo F serão Gana, Benin e Guiné-Bissau.

LEIA MAIS: Conheça os jogadores mais cobiçados nesta janela de transferências