Dupla brasileira termina em quinto lugar na Final da Copa do Mundo de Vela

Na última etapa da World Cup Series da temporada 2018-19, a dupla formada por Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan ficou perto do pódio. O barco brasileiro chegou a vencer uma das regatas da classe 470W mas acabou sem medalhas.

Cássio Cundari
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação / Jesus Renedo / Sailing Energy / World Sailing.

Nos primeiros quatro dias da competição disputada em Marselha, na França, o desempenho da dupla brasileira foi apenas regular. Após oito regatas, o melhor resultado tinha sido um sexto lugar. No último sábado (8), contudo, a maré virou para o lado brasileiro. As velejadoras gaúchas venceram a primeira regata do dia com folga, dez segundos a frente das holandesas Zegers e Berkhout. Já na segunda regata do dia, o barco brasileiro chegou em oitavo.

No domingo (9), no última dia do torneio, foi disputada a regata de medalha. Com apenas os dez melhores barcos na água, a pontuação é dobrada nesta regata – sendo que o objetivo nas provas de Vela é terminar com a menor pontuação possível. Tendo chegado em quarto lugar na última regata, Fernanda e Ana Luiza melhoraram bastante na classificação, terminando o torneio em quinto lugar. Em quarto ficou o barco das israelenses Noya Bar-Am e Shahar Tibi. Apesar das duas duplas terem conquistado a mesma pontuação (80), as representantes de Israel terminaram na frente justamente por terem vencido a regata de medalha. Velejando em casa, as francesas Camille Lecointre e Aloise Retornaz foram as campeãs da classe 470W.

Nacra 17

Na única categoria que também contou com representantes do Time Brasil, nossos barcos não foram tão bem. João Bulhões e Isabel Swan conquistaram o 12º lugar, enquanto Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino terminaram em 15º. O melhor resultado foi apenas um sétimo lugar, conquistado pelo barco da dupla Bulhões-Swan, ainda no primeiro dia de competição, na segunda regata. Os campeões na classe Nacra 17 foram os italianos Vittorio Bissaro e Maelle Frascari.

LEIA MAIS
Brasil fecha participação na final da Copa do Mundo, em Marselha