Eles bateram na trave! Conheça as equipes que mais vezes foram vice na Copa Libertadores

Veja os clubes que sentiram o gostinho de ser campeão do continente, mas que ficaram pelo caminho

Matheus Adami
Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.

Crédito: MADRID, SPAIN - DECEMBER 09: Lucas Olaza of Boca Juniors reacts during the second leg of the final match of Copa CONMEBOL Libertadores 2018 between Boca Juniors and River Plate at Estadio Santiago Bernabeu on December 9, 2018 in Madrid, Spain. Due to the violent episodes of November 24th at River Plate stadium, CONMEBOL rescheduled the game and moved it out of Americas for the first time in history. (Photo by Denis Doyle/Getty Images)

Este texto é um oferecimento Amstel

Conquistar o título da Copa Libertadores da América, torneio que tem patrocínio da Amstel, é o objetivo de todas as equipes que entram em campo na competição mais tradicional do continente. Mas só há lugar para um na galeria dos campeões. Que o dia o Independiente, time argentino que é o maior vencedor da história do torneio, com sete conquistas.

Nem só de vitórias e conquistas, no entanto, é feita a história da Libertadores. Conheça, abaixo, as equipes que mais vezes chegaram perto da taça:

Boca Juniors
O time argentino conquistou a Copa Libertadores da Américas em seis oportunidades. Mas, se fossem somadas as vezes em que a equipe foi vice-campeã, o Boca Juniors seria o maior vencedor da história do torneio, com incontestáveis 11 troféus.

Ao todo, o Boca foi vice em cinco edições diferentes da Libertadores: 1963, 1979, 2004, 2012 e 2018.

Peñarol
O clube uruguaio foi uma potência nas primeiras edições da Libertadores. Tanto que foi o primeiro bicampeão e ergueu o troféu em cinco vezes diferentes. O número de vices do Peñarol, porém, também é grande: cinco, em 1962, 1965, 1970, 1983 e 2011.

Olimpia
O Olimpia é o única equipe do Paraguai a ser campeã da Libertadores, em três oportunidades. O número de vices, por outro lado, é maior: quatro, em 1960, 1989, 1991 e 2013.

América de Cali
Um dos grandes clubes da Colômbia, o América de Cali nunca conseguiu ser campeão da Libertadores. Chegou, porém, muito perto, sendo vice em quatro edições: 1985, 1986, 1987 e 1996.

Nacional
Rival máximo do Peñarol no futebol uruguaio, o Nacional foi vice-campeão da Libertadores em três edições: 1964, 1967 e 1969. O número de títulos é o mesmo, três.

São Paulo
Assim como o Nacional do Uruguai, o Tricolor paulista tem três títulos e três vice-campeonatos na Libertadores. O clube do Morumbi viu o adversário sair com a taça em 1974, 1994 e 2006.

Palmeiras
O Palmeiras poderia ter sido o time brasileiro com o maior número de títulos na Libertadores. Além de 1999, ano em que o Verdão conquistou o título, a equipe chegou à final em outras três ocasiões: 1961, 1968 e 2000. Em todas ficou com o vice.