Fórmula E divulga calendário da temporada 2019-20; Brasil segue de fora

A Fórmula E divulgou nesta sexta-feira (14), o calendário da sexta temporada da Fórmula E, com as cidades de Seul e Londres como novidades do calendário mais abrangente até o momento da competição. O Brasil, que teve algumas cidades negociando com a categoria, segue de fora do calendário do campeonato de monopostos elétricos.

Rodrigo Nascimento
Colaborador do Torcedores

Crédito: RIYADH STREET CIRCUIT, SAUDI ARABIA - DECEMBER 15: Edoardo Mortara (CHE) Venturi Formula E, Venturi VFE05 leads Nelson Piquet Jr. (BRA), Panasonic Jaguar Racing, Jaguar I-Type 3 and Oliver Rowland (GBR), Nissan e.Dams, Nissan IMO1 at the start during the Ad Diriyah E-prix at Riyadh Street Circuit on December 15, 2018 in Riyadh Street Circuit, Saudi Arabia. (Photo by Sam Bloxham / LAT Images)

O calendário de 2019/20 foi ratificado após a reunião do Conselho Mundial de Automobilismo da FIA (WMSC) em Paris, o qual é composto por 14 corridas em 12 cidades, e cobrindo quatro continentes. A temporada  vai começar com uma rodada dupla em Ad Diriyah na Arábia Saudita no mês de novembro, parando em Seul pela primeira vez no mês de maio, e mais uma vez chegando ao fim em Londres, em julho de 2020.

As novidades na sexta temporada não se limitam apenas aos novos locais: novas equipes estarão presentes no grid de largada, com a tão esperada chegada da Mercedes-Benz e da Porsche – elevando o número total de carros de 22 para 24.

ROUNDCIDADEPAÍSDATA
01Ad Diriyah**Arábia Saudita22 de novembro de 2019
02Ad DiryahArábia Saudita23 de novembro de 2019
03TBCTBC14 de dezembro de 2019
04Santiago*Chile18 de janeiro de 2020
05Cidade do México*México15 de fevereiro de 2020
06Hong KongChina01 de março de 2020
07TBCChina21 de março de 2020
08RomaItália04 de abril de 2020
09ParisFrança18 de abril de 2020
10Seul*Coréia do Sul03 de maio de 2020
11BerlimAlemanha30 de maio de 2020
12Nova IorqueEstados Unidos20 de junho de 2020
13Londres*Reino Unido25 de julho de 2020
14Londres*Reino Unido26 de julho de 2020

*sujeito a homologação do circuito
**rodada dupla sujeita a acordo com o governo local

Além de divulgar o calendário da Fórmula E 2019/20 da ABB, também foi divulgado algumas alterações nas regulamentações esportivas, que serão introduzidas na sexta temporada.

Os pilotos terão 10kW de potência adicionais disponíveis ao usar o ATTACK MODE, subindo de 225kW para 235kW. Além disso, os pilotos não poderão ativar o ATTACK MODE em quando houver bandeira amarela em todo o circuito (Full Course Yellow), ou quando o safety car for utilizado – o que significa que os pilotos só poderão ativar o ATTACK MODE em condições normais de corrida e desta forma, correndo um risco maior de perder posições.

Além disso, para melhorar os efeitos do gerenciamento de energia, durante os períodos de safety car ou sob quantidade fixa de energia, haverá uma redução igual a 1 kWh por minuto durante o período em cada carro. Esta medida garantirá que os pilotos não poderão poupar mais energia dirigindo a velocidades mais baixas sob a bandeira amarela por todo o circuito (FCY), ou atrás do safety car.

A FIA também divulgou mais detalhes sobre o ciclo estendido do carro Gen2, até o final da oitava temporada. A prorrogação de uma temporada adicional foi acordada em conjunto com os fabricantes, levando em conta a estabilidade das regras e os controle de custos. No entanto, outras atualizações no desempenho do carro e mudanças podem ser feitas durante este ciclo, incluindo aumento de potência, melhorias na bateria e uma evolução no design dos monopostos.

Mais pontos também serão oferecidos na sexta temporada, com um ponto adicional entregue ao piloto mais rápido durante a fase de grupos de qualificação. O piloto que conquistar a Pole Position segue conquistando três pontos – bem como um ponto será atribuído ao piloto que conseguir a volta mais rápida no top10 da classificação final da corrida.