Torcedores – Notícias Esportivas

Gabi analisa derrota do Brasil para a Turquia e projeta fase final da VNL

Gabi é a maior pontuadora do Brasil na Liga das Nações, e uma das melhores jogadoras da competição, segundo as estatísticas. Nesta quinta (20), a ponteira contribuiu com 22 pontos para o time brasileiro na partida, em mais uma atuação de encher os olhos.

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/CBV

O Brasil acabou derrotado pela Turquia nesta quinta-feira (20) por 3-2, em parciais de: 25/23, 24/26, 25/20, 23/25 e 16/14. Agora, as comandadas de José Roberto Guimarães terão uma semana de folga antes da fase final da Liga das Nações, em Nanquim, na China, entre os dias 03 e 07 de julho.

CONMEBOL Sul-Americana, Serie A Italiana, Ligue 1 Francesa, Série C do Brasileirão e muito mais, em HD e em diversos dispositivos. Acompanhe tudo pelo DAZN por R$ 37,90 por mês após os primeiros 30 dias grátis.

“Foi um jogo muito difícil para o nosso grupo. A Turquia nos colocou em dificuldades o jogo inteiro com um saque forçado. A nossa linha de recepção não funcionou tão bem para fazer as nossas centrais jogarem. No entanto, fiquei feliz de ver o nosso time lutar e brigar pelo resultado. Acredito que isso também aconteceu durante toda a competição”, analisou a camisa 10 brasileira.

Brasil pega EUA e algoz da segunda etapa na fase final; Gabi projeta confrontos

A nova jogadora do Vakifbank, da Turquia, elogiou o crescimento da equipe brasileira ao longo da fase classificatória, e projetou a etapa decisiva. A seleção brasileira ficou no grupo B ao lado de Estados Unidos e Polônia, e no outro lado ficaram China, Itália e Turquia.

“Fizemos uma fase de classificação muito boa. Nosso time cresceu e mostrou que tem potencial. Temos tudo para chegar na melhor forma possível na fase final. Hoje saímos tristes com a derrota, mas felizes com a atitude do time e com o que construímos até esse momento”, finalizou.

LEIA MAIS

“Egonu brasileira”: Lorenne ganha moral em derrota do Brasil para Turquia