Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Grandes de SP se unem em movimento que pede a liberação de cervejas nos estádios

Palmeiras, Corinthians, Santos e São Paulo utilizaram as suas redes sociais para pedir a liberação do consumo e venda de bebidas alcoólicas durante as partidas de futebol no Estado

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Divulgação

Nesta sexta-feira (28), os quatro grandes clubes de futebol do Estado de São Paulo (Palmeiras, Corinthians, Santos e São Paulo) se uniram em pedido contra a proibição de cervejas nos estádios.

O consumo de bebidas alcoólicas é proibido em um raio de 200 metros. O Projeto de Lei 1.363/2015, aprovado em 13 de junho pela Câmara Legislativa, que autoriza a venda de cerveja nos estádios de SP, precisa apenas de um sancionamento do Governador de São Paulo, que promete fazer jogo-duro contra as grandes equipes do Estado.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

João Dória afirmou que vetará o projeto de liberação de cervejas no estádios e afirma que “a maioria dos torcedores ingressam no estádio quase no início da partida porque ficam até o último segundo bebendo nos arredores do estádio”.

“Cerveja possui baixo teor alcoólico, impossível o cidadão embriagar-se e provocar tumultos em função desta degustação levando-se em consideração a curta duração dos jogos de futebol (90 minutos). A venda de bebida alcoólica nos estádios estimula a presença do torcedor, aumenta a arrecadação de tributos pelo estado, aumenta a geração de empregos e não guarda relação com o aumento da violência”, disse o governador sobre a presença de cervejas no estádios.

Veja as publicações das grandes equipes de SP sobre a liberação de cervejas nos estádios:

Palmeiras

Corinthians

São Paulo 

Santos

Leia mais:

Brasileirão: 20 jogadores que usam pausa para recuperar bom futebol

As melhores notícias de esportes, direto para você