Habeas corpus, depoimento de “braço direito” e mais: saiba tudo sobre o caso Neymar nesta terça (11)

Jogador está sendo acusado de estupro por modelo. O fato teria ocorrido em um hotel em Paris

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Como de costume, o Torcedores.com traz os principais fatos sobre o andamento das investigações da polícia sobre a acusação de estupro a Neymar feita pela modelo Najila Trindade.

Citado no B.O, funcionário de Neymar presta depoimento à polícia sobre viagem de Najila a Paris

Rodrigo Sina Galo, responsável por levar a modelo até Paris para se encontrar com o jogador, prestou depoimento nesta terça-feira (11), na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Também nesta terça, Maíra Fernandes, responsável pela defesa do atacante do PSG, esteve na delegacia para acertar alguns detalhes para a segurança do jogador no dia em que ele for prestar depoimento, que deve ocorrer nesta quinta (13), segundo o site UOL Esporte.

Advogados de Neymar mostram indignação após surgimento de novo pedido de habeas corpus para jogador

A defesa de Neymar divulgou uma nota na tarde de hoje onde nega que tenha feito um pedido de habeas corpus para o atleta na investigação do possível caso de crime virtual praticando pelo atacante, que divulgou fotos íntimas de Najila em um vídeo postado no Instagram onde se defende da acusação de estupro.

“É com espanto e indignação que a defesa recebe a notícia de nova impetração de habeas corpus em favor de Neymar da Silva Santos Júnior, por advogados não constituídos pelo atleta”, diz um trecho do comunicado.

“A devida representação será encaminhada à Ordem dos Advogados do Brasil, para apuração de infração ético-disciplinar. A defesa constituída também requererá a extinção do processo sem julgamento do mérito ao E. Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro”.

“Lamentamos que interesses outros se sobrepujem à garantia fundamental à defesa”, completa a nota assinada por DAVI TANGERINO & SALO DE CARVALHO ADVOGADOS e MAÍRA FERNANDES.

Modelo ainda não entregou o celular

Segundo o UOL Esporte, Najila Trindade ainda não entregou o celular à Polícia Civil. A modelo havia prometido entregar o aparelho na segunda (10). O celular, segundo Najila, teria provas contra o jogador. Anão entrega foi um dos motivos que fez o advogado Danilo Garcia de Andrade abandonar a causa de Najila na última segunda.

LEIA MAIS: