Holanda faz dois gols na prorrogação, vence Inglaterra e está na final da Liga das Nações

Vitória de virada por 3 a 1 classifica holandeses para grande final contra Portugal neste domingo. Jogo foi marcado por falhas nas defesas dos dois lados

Bruno Rodriguez
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Facebook Oficial UEFA EURO 2020

A partida começou com a Holanda dominando a posse de bola, mas finalizando pouco. E quem abriu o placar foi a Inglaterra. O zagueiro De Ligt vacilou no domínio na defesa e a bola sobrou para Rashford cara a cara com o goleiro. Assim o holandês tentou alcançar com um carrinho, mas acertou apenas o atacante inglês. Pênalti para a Inglaterra que o próprio Rashford converteu deslocando o goleiro. E o primeiro tempo acabou em 1 a 0 para os ingleses.

Na volta do intervalo, Harry Kane entrou no lugar de Rashford machucado, mais tarde Lingard entraria na vaga de Sancho. Este útlimo que antes de sair perdeu uma chance clara de cabeça quando estava livre na área. Foi quando com as entradas de Van der Beek e, principalmente, Promes aos 23 minutos da etapa final que a Holanda cresceu na partida. Um verdadeiro bombardeio no gol de Pickford com 12 finalizações.

Em um escanteio aos 27 minutos, De Ligt se redimiu de sua falha e cabeceou íntegro para empatar o placar. Mas não seria fácil, faltando oito minutos Barkley faz um excelente passe para Lingard que manda para o fundo das redes. Porém o árbitro assinalou impedimento em revisão do VAR. As duas equipes queriam evitar a prorrogação e foram pra cima com ambas perdendo boas oportunidades de matar a partida, mas o tempo extra foi inevitável.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Prorrogação de Holanda x Inglaterra

John Stones bobeou na defesa e Depay roubou a bola livre pra marcar o gol se não fosse a boa defesa do goleiro Pickford. Mesmo assim a bola ia sobrar para Promes e Walker chegou com muita vontade pra afastar. Mas acabou levando a bola pro fundo da rede. Vantagem holandesa novamente. Southgate resolveu colocar Dele Alli no lugar do volante Rice, mas os ingleses não conseguiram finalizar uma vez sequer no primeiro tempo da prorrogação.

A Inglaterra cansou na segunda etapa da prorrogação e foi ficando sem forças para buscar o empate. O ponto final veio em nova falha da defesa inglesa, quando Barkley errou passe na defesa. Resultado foi Depay na cara do goleiro, bastando rolar para Quincy Promes fazer o dele e colocar a Holanda na final da Liga das Nações.

Portanto, em um jogo com três lambanças na defesa, a Holanda vence e se classifica para enfrentar Portugal na grande final da Liga das Nações neste domingo. Portugal venceu ontem a Suíça também por 3 a 1, todos marcados por Cristiano Ronaldo.

Leia Mais:

Cristiano Ronaldo faz três e Portugal elimina Suíça na Liga das Nações