Ídolo do Santos e “youtuber mais velho do país”, Pepe crê em título do Brasil na Copa América mesmo sem Neymar

O eterno “Canhão da Vila”, que rememora episódios de sua carreira no futebol em canal no YouTube, diz à site acreditar no título da Copa América e responde quem foi melhor entre Maradona, Messi e Pelé

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Site oficial Santos FC

Em entrevista ao site “A Tribuna Esportes”, José Macia, o Pepe, ex-jogador do Santos e da seleção brasileira, falou sobre a Copa América, do amigo Pelé e também do seu recém-criado canal de vídeos na internet.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Aos 84 anos, o “Canhão da Vila” agora é um “oldtuber” ou “o youtuber mais velho” do país. Incentivado pela filha, que é jornalista, ele criou o “Canal Pepe 11” para relembrar histórias curiosas e engraçadas que viveu no futebol, dentro e fora das quatro linhas.

Eu tenho uma memória boa, apesar dos 84 anos. Lembro de muita coisa e tenho os cadernos para me ajudar também (…) Quando falo desses cadernos , os caras falam que isso é coisa de louco”, explica Pepe para “A Tribuna Esportes”.

Ele declara ao site que torce pela permanência de Tite como treinador da seleção até a próxima Copa do Mundo e relembra de quando participou da Copa América pela primeira vez, quando o torneio ainda se chamava Campeonato Sul-Americano:

Gylmar, Edson, Nilton Santos, Djalma Santos, Zózimo, Roberto Belangero, Canário, Zizinho, Leônidas, Didi e Pepe”, escala na ponta da língua o time do qual fez parte em 1957.

Pepe, ex-atacante do Santos e da seleção brasileira, em seu canal de vídeos na internet

Reprodução/ YouTube

À “Tribuna Esportes”, Pepe também disse acreditar que o Brasil conquiste o título da competição deste ano, mesmo com a falta do seu camisa 10: “Todo mundo queria que o Neymar estivesse lá. Tomara que dê tudo certo, que ele supere essa fase”.

Amigo e ex-companheiro de Pelé no Santos, o “oldtuber” disse que foi visitá-lo na semana passada e mais uma vez demonstrou imenso carinho e admiração pelo Rei do Futebol:

“Fiquei contente de revê-lo e estar lá com os amigos (…) ele se emocionou muito. Fazia algum tempo que eu não falava com o Pelé, porque ele não para. Ele passou metade da vida num avião”.

Pepe ainda foi categórico respondendo à questão sobre quem foi melhor entre Maradona, Messi ou Pelé:

“Eu já falei: dona Celeste e seu Dondinho rasgaram a fórmula. Messi é extraordinário, Maradona ganhou uma Copa quase que sozinho, mas Pelé é o maior”.

LEIA MAIS

Zé Roberto vê Copa América como chance para o Brasil recuperar o prestígio: “A seleção precisa de uma conquista expressiva”

FAM fecha parceria com Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, referência na América Latina e um dos melhores do mundo