Jadson reconhece ótimo início do Palmeiras, mas crê que Corinthians possa brigar por título

Jadson quer o Timão focado no trabalho para conseguir superar o arquirrival e faturar o título nacional.

Rafael Alaby Martins Ferreira
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Reprodução/Facebook Torcedores.com

O meia Jadson vê o Corinthians em condições de alcançar o líder Palmeiras e conquistar o título do Brasileirão, embora reconheça o ótimo início do arquirrival, que tem sete pontos de vantagem sobre o Timão após oito rodadas disputadas.

“Tem muitas rodadas ainda pela frente. É claro que eles começaram muito bem, mas a nossa equipe tem que continuar fazendo o nosso trabalho, tentar sempre conseguir as vitórias, esquecer os adversários e sempre pensar em estar somando pontos para ficar sempre entre os primeiros. A gente sabe que vai ser difícil, o campeonato não é fácil, mas temos que continuar trabalhando com a esperança de conquistar esse título brasileiro também”, disse o meia, em entrevista coletiva.

Jadson não adotou tom pessimista, ao contrário do técnico santista Jorge Sampaoli, que praticamente jogou a toalha após a sua equipe vencer o Atlético-MG, no último domingo.

Vale destacar que o resultado de Botafogo x Palmeiras foi suspenso pela CBF até o julgamento no STJD. O time alviverde venceu o jogo e hoje teria 10 pontos de vantagem sobre o Timão, nono colocado. Mas cabe ressaltar que o Corinthians tem um jogo a menos que os rivais. O duelo contra o Goiás foi adiado para data indefinida.

Santos x Corinthians se enfrentam nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, e um resultado adverso para qualquer lado pode reduzir ainda mais as chances de título.

Possível desmanche do Corinthians

O Corinthians convive novamente com a ameaça de perder atletas no meio do ano. Jadson afirmou não ter recebido qualquer sondagem do exterior e vê como normal os rumores envolvendo possíveis saídas.

“Não estou sabendo. O futebol é assim e sempre haverá ofertas e especulações. Se o jogador acha que deve ir, é opção dele. Os que ficarem têm de seguir dando o melhor para o clube. Com certeza, um jogador indo embora, outro vai chegar com o fluxo no caixa do clube. Temos que continuar focados no nosso trabalho e nas competições que ainda faltam”, comentou.

Outros tópicos da entrevista de Jadson

Parceria com Sornoza

O Carille tem procurado mexer na equipe para tentar melhorar a cada jogo. Sornoza vinha jogando mais do que eu, tive uma sequência agora. Colocou nós dois para jogar. Tem qualidade. Ainda falta um pouco de sintonia entre nós dois, mas estamos crescendo muito junto com a equipe.

Desfalques contra o Santos

Tem jogadores importantes que foram para a seleção (Cássio, Fagner, Pedrinho e Mateus Vital), Love ainda não sei se vai para o jogo ou não. Não fiquei sabendo de nada. Mas o Bruno Méndez (substituto de Michel Macedo na lateral direita) vem treinando bem todos os dias. Apesar de ter entrado como lateral, não é a posição dele, mas conseguiu ajudar a equipe da melhor maneira. Falta ritmo de jogo, ma se todos ajudarem, vai se dar muito bem.

VEJA TAMBÉM:

O que mudou no Corinthians desde o último clássico contra o Santos?

Carille confirma Michel fora contra o Santos e define substituto

Carille revela que atletas do Corinthians receberam propostas e podem ser negociados durante pausa